30/12/2016

Resenha: O caminho das estrelas - Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho

O caminho das estrelas

Autor(a): Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho
Editora: Petit
Páginas: 253
Resenha por: Viviane
Nota: 4/5
*Livro cedido pela editora para resenha




Sinopse: Lenita, ao desencarnar, lembrava-se da mãe, que vivia lhe dizendo: "Filha, quando você morrer, irá para o céu morar numa estrela".

Agora, queria ir ao jardim, desfrutar das belezas do lugar, planejar os estudos, rir e cantar. Afinal, sentia-se bem, saudável, depois de anos enferma. Mas a tristeza e o desalento de seus familiares a impediam. Quando eles se desesperavam e choravam desconsolados, ela sentia, e os cuidadores necessitavam adormecê-la.

Depois que a família leu o livro Violetas na Janela, de Patricia, passou a agir diferente, desejando que ela estivesse bem. Livre, Lenita pôde, então, aproveitar as maravilhas da colônia, estudar, fazer amigos e até participar do coral.

Feliz, Lenita quis agradecer Patricia. Acompanhada de dois amigos, foi à colonia de estudo onde ela trabalha. O encontro é descrito de forma emocionante.

Ao ver a colônia, ela se lembra da estrela que a mãe idealizara, agora tão perto. Para poder se aproximar dela, terá de buscar, em pensamentos e atitudes espirituais, uma nova maneira de viver.

Resenha: Já conheço a autora Vera Lúcia de longa data, seus livros são muito bons e muito construtivos. "O caminho das estrelas" narra a história de uma família que perdeu sua filha adolescente, Lenita, e que encontrou conforto em um livro que a escritora escreveu há muitos anos, "Violetas na janela".

A jovem Lenita acorda em um hospital, sentindo-se bem, e o mais estranho é que seu braço que havia sido amputado, devido a um câncer nos ossos, está no lugar. A moça demora um pouco a entender que desencarnou.

Sua morte foi muito triste, Lenita sofreu muito durante a doença e seus pais e irmã não conseguem aceitar. Toda vez que alguém de sua família chora e sofre, a garota passa mal, volta a sentir os sintomas do câncer e é colocada para dormir. Nesta mesma situação estão outras duas moças que dividem o quarto com Lenita.

"Ninguém deveria sofrer tanto com a separação temporária que ocorre com a desencarnação. Vou deixa-la dormir até amanhã ou até seus familiares se acalmarem. Espero que a família dela não faça mais isso, chorarem assim, desesperarem-se e imaginá-la doente."

Quando a situação se torna insustentável, tanto que as moças quase não conseguem ficar acordadas, Catarina, uma trabalhadora da colônia, resolve intervir junto a família delas. No caso de Lenita, sua família é intuída a ler o livro "Violetas na janela". Após toda família conhecer a obra, passam a tentar não sofrer mais e enviar pensamentos positivos e de amor à jovem.

No plano espiritual, Lenita sente a mudança e consegue levar uma "vida" normal. Ela começa a fazer um curso e a trabalhar. Mas algo a atormenta: uns flashes de lembranças que parecem ser de sua encarnação anterior. Então a jovem busca ajuda para lembrar o que aconteceu e entender o porquê de ter tido câncer e sofrido tanto.

Esta obra é basicamente de estudo e entendimento da doutrina espírita, o que eu particularmente gosto muito e fazia tempo que não lia um livro assim. Leio bastante romances espíritas, mas normalmente é só a história dos personagem encarnados. Já neste conhecemos uma moça desencarnada, sua rotina na colônia, seus sonhos, projetos e possibilidades. Cada vez tenho mais certeza de que a vida não acaba quando morremos e que temos um universo paralelo à nossa espera.

13 comentários:

  1. Olá meninas,
    Acho que esse livro iria interessar minha mãe, ela gosta de coisas mais espíritas. Eu não tenho esse costume, rs.
    Boas festas!
    Beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não é muito meu estilo de livro não.. Mas acho que seria diferente ler.. Minha prima Suellen é apaixonada por livros e com certeza esse ai não seria diferente, é bem a cara dela :)

    PS: Seguindo aqui!
    https://papeldeouro2016.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie
    Não costumo ler livros deste gênero, ma valeu a dica!!
    Feliz Ano Novo!!

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Viviane, tudo bem?

    Eu nunca li nada da autora, mas pela resenha parece ser um livro bonito. Gostaria de ter lido romances espíritas esse ano, mas quem sabe eu consigo em 2017!

    Um feliz ano novo pra vc e sua família!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Nunca li esse, fiquei curiosa!
    Já estou a seguir o blog, segue de volta?
    Beijinhos,
    Love is the new black

    ResponderExcluir
  6. Acho que esse plano espiritual pra onde a protagonista foi depende muito da crença de cada um, não? Mas certamente o livro passa uma mensagem bonita e inspiradora. Feliz ano novo, meninas!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bom?
    Ao contrário de você, eu não gosto muito de ler livros desse estilo, mas eu já li alguns e não achei ruim, quem sabe esse também seja interessante para mim.

    Conheci seu blog agora, gostei bastante e estou seguindo!
    www.paginadaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Feliz ano novo linda♥ não conhecia o livro mas gostei um pouco de saber sobre ele. beijos!

    floordemandacaru.com

    ResponderExcluir
  9. Fico contente em ver que você gostou do livro e que ele é mais que uma história, é um ensinamento da da doutrina espirita. Confesso que nunca li e nem me adentrei a histórias de cunho espirita, mais leria esse e outros sem problema algum.

    Beijos
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Eu gosto de livros do gênero, não conhecia esse e adorei a dica!

    Tenha um lindo 2017.
    Que seus dias sejam prósperos, sábios e saudáveis ♥
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  11. Adorei a resenha, fiquei curiosa!
    Seguindo o blog =)
    Beijinhos ❤
    Blog Ale Canofre
    YouTube

    ResponderExcluir
  12. Que interessante esse livro, Não conheço muito livros espiritas, mas esse me chamou atenção adorei a resenha beijos

    Taynara Mello
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
  13. Nossa, esse livro seria ideal para minha mãe, que sofreu a perda da mãe dela recentemente. Vou procurar a obra, pois até eu fiquei curiosa com a história.

    Beijos!

    ResponderExcluir