21/09/2018

[Resenha] O filho do meu noivo | Jéssica Amaral

O filho do meu noivo

Autor(a): Jéssica Amaral
Editora: Autografia
Páginas: 312
Resenha por: Viviane
Avaliação: 4/5
Compre: Editora

*Livro cedido pela autora para resenha


Sinopse: Uma adolescente forçada pelo pai a se casar acaba descobrindo o amor. O único problema é por quem ela se apaixona: um cara amoroso, mas complicado. Mas esse não é o problema e sim o fato dele ser o filho do homem a quem foi prometida.

Resenha: Lara é uma garota de dezesseis anos que fica sabendo que terá que se casar com um homem mais velho que ela - muito mais velho. Ela reluta de todas as formas, mas seu pai já decidiu e não terá outra escolha, a não ser, aceitar.

"- Isso não é um negócio. É o seu futuro. / - Achei que meu futuro pertencia a mim e não a você - respondo carrancuda."

Chega o dia de conhecer o noivo e Lara fica indignada ao ver que ele é velho, baixinho, barrigudo e careca. Fica combinado de ele voltar em uma semana para buscá-la e Lara já começa a planejar como vai fazer para infernizar a vida do homem, até ele devolvê-la.

Lara mora em uma fazenda com seus pais e tem uma grande paixão por cavalos, em especial por Teci, uma égua que ela resgatou de uma armadilha ainda pequena, e ambas tem uma bela sintonia. O noivo ganha pontos da garota dizendo que vai levar a égua quando casarem-se, mas, ainda assim, não é o suficiente para conquistar a confiança de Lara.

Em uma semana, como combinado, Lorenzo, o noivo, chega para buscar Lara e avisa que eles vão passar uma semana na Itália (a história se passa no Brasil, mas eu não identifiquei onde) e que o filho dele os aguarda lá. Lara quase surta ao imaginar que o filho possa ser uma criança, pois ela odeia crianças.

Ao chegarem na Itália, Lara tem uma surpresa enorme ao ver que o filho do seu noivo tem mais de vinte anos, e o rapaz, Daniel, também fica muito surpreso, pois imaginava que a noiva era uma velha interesseira. De cara os dois já desentendem-se e trocam farpas.

Voltando ao casamento, Lara fica sabendo, através de Lorenzo, que será somente um casamento de fachada, pois tanto ele quanto os pais de Lara correm o risco de perder seus bens. Pelos pais de Lara, até entendi que o casamento com um homem rico iria ajudar, mas não ficou claro como seria possível Lorenzo não perder sua fortuna só por casar-se novamente.

Lara e Daniel, após aquele primeiro encontro turbulento, descobrem a paixão pelos cavalos em comum; a família do rapaz tem um haras no Brasil e é para lá que Teci será levada. Esta paixão em comum acaba aproximando os dois e quando eles se dão conta já estão muito envolvidos.

"Seria amor? Eu disse que nunca iria sentir isso na vida! Deve ser outra coisa... Mas porque eu não amaria ele? É um cara tão doce, lindo e charmoso, tem seus defeitos, mas quem não tem? Ele é tão sensível que dá vontade de guardar em um potinho e cuidar com todo carinho para não se machucar."

O dia do casamento chega e Lara não tem como fugir. A relação dos jovens nunca foi tranquila, Lara é uma garota marrenta, que não tem filtro para falar o que pensa; Daniel saiu de um relacionamento conturbado, no qual sofreu muito e tem medo de entregar-se novamente. A ex namorada de Daniel passa a fazer parte da história, infernizando a vida do casal, e vai mostrar-se, além de interesseira, sem escrúpulos, inclusive colocando a vida de Lara em perigo.

Não citei antes, mas o livro contém conteúdo adulto, as cenas de sexo são poucas, se comparadas a outros livros que já li do gênero, mas também tem muita emoção e cenas tensas que me renderam um aperto no coração.

É uma leitura fluida, bem gostosinha, que realizei em um dia e ficou um gostinho de "quero mais" quando cheguei ao final.

19/09/2018

[Textualizando] Vida que segue

Olá, livreiras e livreiros! Tudo bem com vocês? Hoje eu trouxe para vocês um poema maravilhoso do livro "100 poemas", do escritor César Barros. O livro já foi lido e resenhado por mim aqui no blog e quem leu minha resenha sabe o quanto amei ler essa obra. Então vamos conferir o poema?!

Vida que segue

Vida, para onde vai com tanta pressa?
Ontem crianças, hoje jovens, amanhã adultos, depois de amanhã velhos.
Vida, diga-me para onde vai com tanta pressa.
Ontem brincava, hoje estudo, amanhã trabalho, depois de amanhã estou aposentado.
Vida, eu insisto, por que tanta pressa?
Ontem engatinhava, hoje ando, amanhã corro, e depois de amanhã ando de bengala.
Vida, explique-me o porquê de toda essa pressa?
Ontem imaginando histórias, hoje lendo histórias, amanhã fazendo história, depois de amanhã apenas contando histórias.
Vida, para onde vai com toda essa pressa?
A vida não responde as minhas indagações, mas deixa um conselho:
Viva! Enquanto você está questionando, eu estou passando.

César Barros

POSTAGEM POR: LARISSA

17/09/2018

[Resenha] Namorada perfeita | Authentic Games

Namorada perfeita

Autor(a): Authentic Games
Editora: Astral Cultural
Páginas: 80
Resenha por: Leonardo
Avaliação: 5/5
Compre: Americanas

*Livro cedido pela editora para resenha


Sinopse: Depois de um desastroso Dia dos Namorados, Authentic precisa conversar com Lydia e acertar o mal-entendido com sua Namorada Perfeita.

A oportunidade surge com o esperado passeio da escola, que era para ser tranquilo e muito animado ao lado de toda a Família Craft.

Porém, tudo desanda quando Shake entra em cena, ou melhor, quando ele sai de cena e entra na floresta.

Authentic e Lydia encaram várias confusões em uma aventura cheia de mistérios, desafios e piratas, tudo isso em busca de Shake. E só uma pessoa será capaz de ajudar Lydia e Authentic nesta aventura: você!

Resenha: O livro começa com Cauê, amigo de Authentic, acordando ele para irem para uma viagem com os colegas da escola. A turma vai para uma ilha que já teve muitos piratas. Authentic ia aproveitar a viagem para conversar com Lydia, sua namorada - ou ex, já que eles tinham desentendido-se no dia dos namorados.

"O local escolhido foi uma linda ilha, que um dia havia sido explorada por piratas malvados que a usavam para esconder seus tesouros."

A ilha era linda. Authentic tentou falar com Lydia, mas as amigas atrapalharam e ele acabou apenas ajudando-as a recolher o lixo que as pessoas jogam na beira da praia. Depois ele deixou um bilhete na mochila dela, marcando um encontro; quando ele ia começar a falar, Shake, o cachorro que ele levou na viajem, fugiu, e os dois (Lydia e Authentic) entraram na floresta para tentar achá-lo, mas acabaram perdendo-se.

Quando Lydia e Authentic acharam uma caverna, na qual entraram, foram perseguidos por um lobo e precisaram ir para o fundo dela. Lá encontraram um lugar lindo, cheio de cristais coloridos, mas o lobo achou eles e os dois precisaram achar uma saída, que acabou dando em um lugar totalmente estranho, que tinha um tipo de acampamento abandonado, mas que parecia que alguém morava lá. O susto foi enorme ao descobrir que quem morava lá; era um pirata com cara de mau que não os recebeu bem. Para todos saírem ganhando, fizeram um trato: o pirata ajudaria-os a achar Shake e saírem de lá, em troca de um favorzinho para o pirata.

"Não tinha jeito. Se eles realmente quisessem sair dali, precisavam obedecer o capitão caolho. E foi assim que se meteram em mais uma enrascada."

Antes também aconteceram coisas estranhas, como um bilhete que o guia da ilha deu para a professora das crianças que dizia: "Cuidado! Há mais nessa ilha do que belas paisagens." e em uma lojinha de artesanato, onde uma velhinha muito estranha deu uma esmeralda para o Authentic, dizendo que ela era a chave de tudo.

Este livro, além de contar uma aventura incrível, ainda nos dá muitas lições de como ajudar as pessoas, acreditar em Deus, ser bom e cuidar da natureza. Têm também muitas atividades, que fui fazendo enquanto lia, como labirinto, jogo dos 7 erros, palavras cruzadas, enigmas, verdadeiro ou falso, completar o desenho e muitas outras coisas legais. Eu adorei e espero que o Authentic escreva mais livros assim.

14/09/2018

[Resenha] Um grão de areia | Pedro Braghin

Um grão de areia

Autor(a): Pedro Braghin
Editora: Autografia
Páginas: 176
Resenha por: Viviane
Avaliação: 5/5
Compre: Americanas / Editora

*Livro cedido pela editora para resenha


Sinopse: Um jovem médico rico e arrogante jamais conseguiria fazer algo em meio ao caos e violência. Impulsionado por uma raiva incontrolável, Almir não se conformava com o fato de ninguém se mobilizar em prol dos menos favorecidos. Ele embarca, então, em uma cruzada emocionante na busca de provar a todo custo que pode mudar o mundo.

Será que um bom coração, embora sozinho e impaciente, pode surtir algum efeito no mundo caótico e violento? Ou seria apenas um grão de areia, insignificante?

Resenha: Almir é um jovem médico, recém formado. Nascido em uma família rica e renomada, o sonho de seu pai é que ele faça carreira na medicina, levando adiante o sobrenome da família, mas o rapaz tem outros planos.

Almir voluntaria-se como médico no continente africano, na Nigéria, para ser mais exata. Seu sonho é salvar vidas e fazer história, algo que seus pais são completamente contra, mas Almir vai mesmo assim.

"Almir, ou Al, era brasileiro, vindo de uma família de grandes médicos. Se formara nos estados Unidos com honras, e agora enfrentava uma grande decisão: ser médico em qualquer grande hospital que escolhesse ou seguir um grupo aos confins da desigualdade humana, em uma cruzada pelo território de pessoas menos favorecidas."

O caminho para chegar até lá não foi fácil, foram dias de caminhada por estradas quase desertas, "quase" porque tinham os perigos das emboscadas das milícias de lá, que não queriam americanos enxeridos cuidando de seu povo, mas, além disso, queriam seus suprimentos de remédios e comidas.

A primeira parada de Almir é um hospital extremamente precário, onde ele não consegue fazer quase nada em prol daquelas pessoas, o que acaba frustrando um pouco o médico que chegou ali com grandes sonhos e esperanças.

Após alguns desentendimentos com seu superior, Almir é transferido para uma base federal e contará com a ajuda de dois enfermeiros voluntários. Já nos primeiros dias os moradores de lá apresentam dores de cabeça, vômito e diarreia; após alguns testes, o vírus mortal, ebola, é confirmado e o pânico instala-se.

"O jovem médico agitado e impaciente que chegara semanas antes naquele lugar dava espaço a um homem mais maduro. Suas provações até o momento já o haviam mudado o suficiente para suportar aquele cenário."

Em meio a todos os problemas que Almir vem enfrentando, sua mãe está "mexendo os pauzinhos" para fazer com que o filho volte, nem que para isso seja preciso fazer uso da força.

Quando Almir já tem uma estratégia de contenção da doença, militares o levam a força de volta para sua cidade natal. Ao chegar lá, ele lutará com todas as forças e recursos para voltar para a Nigéria. Será que nosso protagonista conseguirá voltar? E, se voltar, o que ele encontrará lá depois dos vários dias em que esteve ausente?

"Um grão de areia" foi uma história de luta, fé e perseverança de um jovem que tinha tudo para ter um futuro brilhante no ramo da medicina, mas que decidiu trilhar seus próprios caminhos com coragem e determinação. É uma história que merece ser lida por todos, principalmente por aqueles que estão sempre se queixando e reclamando da vida.

12/09/2018

[Lançamentos] Editora Astral Cultural (setembro - 2018)

Olá, livreiras e livreiros! Tudo bem com vocês? Hoje viemos trazer para vocês os lançamentos do mês de setembro da Editora Astral Cultural. Vamos conferir?!

O diário da Valen: Janeiro tinha tudo pra ser um mês incrível. Verão, férias, BFF e crushes – sim, no plural! Até que, de repente, seu pai foi promovido. Em menos de duas semanas, a vida que Valentina conhecia (e amava!) ficou totalmente para trás. E a imensidão da capital foi substituída pela monotonia do interior. Respira. Inspira. Não pira. Em seu fiel diário, Valen registra os altos e baixos da adolescência e reflete sobre temas importantes como assédio e feminismo. Nessa jornada louca, entre amores e corações partidos, vai descobrir que o mundo pode ficar muito mais interessante quando deixamos de seguir o script!

O livro da lua 2019: Não tem dias em que tudo dá certo? E não tem dias em que parece que alguma força misteriosa conspira secretamente para atrapalhar cada um de nossos atos? Tem dias mágicos. E dias infernais. Tem dias em que acordamos dispostos, com a fé renovada, a inteligência afiada e produzimos com uma insaciável energia — e outros em que desistimos de começar. É o Efeito Lua. O Livro da Lua 2019 faz uma análise detalhada do “astral” de cada dia. Grande parte de nossos acertos depende da hora certa, de um bom timing. Agora você pode descobrir as suas oportunidades diárias e melhorar as chances de êxito em qualquer lugar ou área da vida.

POSTAGEM POR: LARISSA E VIVIANE