20/02/2019

[Quotes] Faça amor, não faça jogo

Olá, livreiras e livreiros! Hoje eu trouxe para vocês alguns dos meus quotes favoritos do livro "Faça amor, não faça jogo", que eu li recentemente e foi uma leitura maravilhosa, pois me trouxe diversas lições. Vamos conferir?!

"Quando você sonha, a razão dorme e o coração acorda.
Então, deixe o seu coração guiar você.
Ele é o único que pode, um dia,
levá-lo até o maior sonho da sua vida."

"Um dia, ouvi um velhinho dizer:
'Amei a mesma mulher durante 50 anos'.
Pensei no quando isso era do caralho.
Até ele dizer:
'Queria que ela soubesse disso'."

"Eu, agora, passei a ver o mundo de outra maneira.
E não foi ele que mudou.
Fui eu."

"A vida é a coisa mais frágil, instável e imprevisível que existe."

"É importante ter tempo para dizer às pessoas
que você as ama, e o quanto você as ama,
enquanto elas ainda podem te ouvir."

"As pessoas cometem erros.
Mas, se você me perguntar,
é a parte que vem depois que importa.
A parte em que você faz a coisa certa."

"Ao longo da vida, você terá uma infinidade de conselhos
e exemplos a seguir.
E uma infinidade de escolhas a fazer.
E isso é importante.
Mais importante que isso, porém, é ter a certeza de escolher
a vida e a pessoa que você quer ser."

"Nós estamos vivos.
Você está vivo.
Então faça isso: viva!"

"Cada pessoa tem a sua história.
E isso é só dela."

POSTAGEM POR: LARISSA

18/02/2019

[Resenha] Retrato da farmacêutica quando artista | Monique Brito

Retrato da farmacêutica quando artista

Autor(a): Monique Brito
Editora: Autografia
Páginas: 78
Resenha por: Larissa
Avaliação: 3/5
Compre: Editora

*Livro cedido pela editora para resenha


Sinopse: Era uma extensa frota e os navios foram queimados. A trajetória até aqui - com temas de farmácia, química, laboratórios, literatura e muita arte - foi longa e feliz. Convido-o a conhecer um pouco do meu mundo. Alguns poemas fazem ponte com o que acontece no país e dialogam com a nossa realidade mais imediata. Outros enveredam pelo surrealismo. A arte é um disparador que ativa nosso banco de referências. Quanto mais dinâmico ele é, mais potente pode ser a obra. Você pode gostar - deixe-se levar por estas ficções devaneantes.

Resenha: Esse livro é composto por poesias relacionadas principalmente com a química, sendo que a escritora - Farmacêutica Industrial com pós-doutorado em Química de Macromoléculas - é professora nesse ramo.

Todos os poemas têm relação com a química, como eu disse, misturando esse tema com diversos outros, como literatura e arte.

Muitos poemas contêm críticas sociais, principalmente sobre as faculdades que temos em nosso país e o descaso que o governo tem com elas, o que eu achei bem interessante, pois é preciso falarmos sobre o que não está legal no lugar em que vivemos.

"As únicas coisas que salvam aqui são
o ânimo infatigável para educar, inspirar
e a poesia."

Por a autora ser formada na área de química e esse ser o foco principal dos seus poemas, ela utilizou eu seus poemas termos e elementos químicos que eu desconheço, então por diversas vezes fiquei sem entender as referências, mas faz parte.

Foi uma obra, em certas partes, um tanto difícil de ser lida para mim, confesso, mas acredito que seja uma leitura bastante prazerosa para quem gosta de química - e talvez para quem não gosta também. É, sem dúvidas, uma experiência bem diferente e que só tem a acrescentar.

"tornar-se farmacêutico é viver heterogêneo
imerso em coisas sóbrias e sem gravidade
tens noção de que em cada coisa ordinária
encontras um elemento químico de estima?"

15/02/2019

[Resenha] A ilha misteriosa da imaginação | Raquel Nunes e Pedro Garcia

A ilha misteriosa da imaginação

Autor(a): Raquel Nunes e Pedro Garcia
Editora: Chiado
Páginas: 52
Resenha por: Leonardo
Avaliação: 5/5
Compre: Editora

*Livro cedido pela autora para resenha


Sinopse: Inspirado numa brincadeira, motivado por um concurso (que não ganhamos), criado por dois amadores e escrito à distância, este livro é exemplo de que com esforço, amor e dedicação tudo se consegue.

Esta é uma história que se passa numa ilha especial, onde tudo o que se possa imaginar existe lá. Nesta ilha vivem criaturas/animais nunca antes vistas, todas elas tão diferentes entre si que, por não saberem estar juntas, decidem viver sozinhas, até ao dia em que algo estranho acontece...Um terrível vulcão de sopa acordou e toda a ilha corre perigo. A Fada Labidenti (protetora da ilha) dá a difícil missão aos animais de salvar a ilha. Mas haverão regras, e se as cumprirem, além de salvar a ilha, poderão ainda ser surpreendidos com um tesouro de valor inestimável.

Conseguirão a Carboleta, o Macacão, o Gatifinho e o Girafão deixar as suas diferenças de lado e juntos ultrapassar os desafios que os esperam? Conseguirão encontrar o tesouro e salvar a ilha? Entra nesta aventura e desvenda os mistérios da Ilha da Imaginação.

Resenha: Nesse livro vamos conhecer uma ilha bem diferente, pois nela vivem animais, mas não são animais normais; tem o Gatifinho, que é a mistura de gato com golfinho, tem a Carboleta, que é a mistura de caracol com borboleta, tem o Macacão, que é a mistura de macaco com cão, tem o Girafão, que é a mistura de girafa com pavão e tem a Fada Labidenti, que é um dente com asas de fada. Os animais não se dão muito bem, vivem implicando uns com os outros.

Um dia chega na ilha uma criatura estranha, que ninguém na ilha nunca tinha visto antes, era a Égumana, uma mistura de égua com humana.

"Como é uma fada atenta, tem notado que os animais na ilha estão muito sozinhos, não sabem estar juntos e parecem tristes e, por isso, decidiu fazer alguma coisa para mudar isso e é aqui que entra a nova criatura que apareceu na ilha."

A Fada explicou que a Égumana estava lá para ajudá-los a encontrar um tesouro e que se eles não trabalhassem em equipe, a ilha seria inundada por um vulcão que entraria em erupção, e dele sairia sopa. Todos ficaram imaginando que tesouro seria esse... O Macacão queria bananas, o Girafão queria joias, a Carboleta queria saladas e o Gatifinho queria peixes, mas então a fada explicou que tinham regras para encontrar o tesouro: eles teriam que fazer isso juntos e se ajudarem o tempo todo.

No dia seguinte os animais partiram na missão, com a ajuda de um mapa que a Fada Labidenti deu para eles.

Ah, quase esqueci de dizer que na ilha eles não falavam português, a língua lá era SEUGUTROP, ou seja, tudo de trás para a frente.

Durante a missão, os animais começaram a brigar e a discordar uns dos outros. Égumana ajudou eles a fazerem a pazes para poderem continuar, lembrando que era regra fazerem tudo juntos. Eles passaram por situações perigosas em que um salvou a vida do outro.

Ao final da missão, o tesouro não era nada do que eles imaginavam, mas era algo muito melhor, que só quem ler vai saber, haha.

As páginas do livro são todas coloridas e têm lindas ilustrações dos animais da ilha.

Esse livro ensinou-me umas lições muito bonitas, mas principalmente que não se faz nada difícil sozinho e que às vezes precisamos ajudar e sermos ajudados.

13/02/2019

[Lançamentos] Editora Astral Cultural | Fevereiro - 2019

Olá, livreiras e livreiros! Tudo bem? Hoje eu viemos trazer para vocês os lançamentos da Editora Astral Cultural de fevereiro, esperamos que gostem. Vamos conferir?!


Arlo Finch no vale do fogo: Quando Arlo Finch tinha 12 anos, sua família decidiu voltar para a cidade natal de sua mãe, Pine Mountain, no Colorado, para tentar ter uma vida mais normal após alguns anos bem tumultuados. Mas nada é normal em Pine Mountain. Desde a casa em que vivem, onde seu tio empalha animais mortos, passando por criaturas mágicas que começaram a perseguir Arlo. Para fazer novos amigos, o garoto decide entrar para os Patrulheiros, um tipo de grupo de escoteiros. Mas logo ele descobre que nas reuniões eles não aprendem só coisas como acender fogo ou fazer nós. Eles também aprendem sobre magia, feitiços, criaturas mágicas e sobre a Floresta Longa. O que Arlo descobre é que, na verdade, ele não é um patrulheiro qualquer. Ainda mais nesse momento tão delicado, quando uma força do mal está ameaçando o mundo real. E o pior: qualquer que seja essa coisa, ela está atrás de Arlo. Arlo Finch no Vale do Fogo é o primeiro livro da trilogia de John August.

Maria Clara & JP: No primeiro livro dessa dupla tão amada do YouTube, não poderia faltar aventura! Que tal embarcar em uma viagem SUPERMALUCA E DIFERENTONA com a Maria Clara e o JP? Eles ganharam um presente que, literalmente, os fez viajar no tempo! Nessa louca aventura, a dupla conheceu dinossauros, múmias do Egito e até voltaram lááá para o começo do canal, antes mesmo de completarem 100 mil inscritos. Depois, deram um salto para o futuro, quando o canal já estava muuuuuito maior do que eles já imaginaram! E o melhor: toda essa história está recheada de brincadeiras e atividades, e eles vão precisar da sua ajuda para enfrentar todos os desafios.

O poder dos 5 segundos: A vida bem-sucedida de Mel Robbins já foi muito diferente: ela evitava encarar desafios, apertava o botão soneca inúmeras vezes e deixava o caos se instalar pelo resto do dia. Tudo mudou quando ela descobriu O PODER DOS 5 SEGUNDOS e a capacidade de um curto espaço de tempo ser tão determinante em suas ações. Com o ponta pé inicial que faltava, Mel descobriu a fórmula para colocar sua vida nos eixos e parar de culpar os outros pelos seus problemas. Mais de 15 milhões de pessoas assistiram ao TEDx Talk de Mel, e executivos das maiores marcas do mundo estão usando a ferramenta para aumentar a produtividade, a colaboração e o envolvimento de seus profissionais. Neste livro, você vai aprender com exemplos reais que nada irá mudar se continuar vivendo a vida no automático e não se arriscar.

POSTAGEM POR: LARISSA E VIVIANE

11/02/2019

[Resenha] A última estrela (a 5ª onda #3) | Rick Yancey

A última estrela

Autor(a): Rick Yancey
Editora: Fundamento
Páginas: 264
Resenha por: Viviane
Avaliação: 5/5
Compre: Americanas / Editora

*Livro cedido pela editora para resenha


Sinopse: O inimigo são os Outros. O inimigo somos nós mesmos. Eles vieram até nós porque querem a Terra. Vieram para acabar conosco. Vieram para nos salvar. Eles não inventaram a morte, mas a aperfeiçoaram. Deram um rosto a ela, porque sabiam que era a única maneira de nos exterminar. Por quê? Quem são eles realmente? O que querem de verdade?

Atrás de tantas perguntas e enigmas, há uma verdade: Cassie foi traída. Zumbi, Especialista, Nugget também. E todos os 7,5 bilhões de habitantes da Terra. Traídos pelos Outros, traídos por si mesmos. E tudo terminará onde começou no campo de batalha que é o coração humano.

Nos últimos dias da Terra, os sobreviventes precisarão decidir o que é mais importante: salvar a si mesmos... ou salvar o que nos torna humanos.

Resenha: Enfim chegamos ao final dessa trilogia que foi ficando melhor a cada volume (leiam as resenhas dos livros anteriores: "A 5ª onda" e "O mar infinito").

Vamos recapitular rapidamente a estória dos livros anteriores: os alienígenas queriam a Terra, mas, para isso, pretendiam exterminar os humanos, pois os próprios estavam acabando com ela, então eles vieram para cá e infiltraram-se dentro de alguns de nós, chegando a um ponto em que já não se sabia quem era humano e quem era alienígena. Desde o primeiro livro, que consistia em Cassie, a protagonista, procurando o irmão, Sam, muitas "baixas" foram ocorrendo, então nesse terceiro livro bem poucos personagens restaram.

Cassie, Ben Parish, Especialista, Sam, Evan Walker (um dos "Outros" que deu errado, pois apaixonou-se por Cassie) e mais alguns personagens resolveram que já bastava de tantas mortes, até porque o dia do "juízo final" aproximava-se, então eles decidiram que iriam matar Vosch, o chefão dos ETs, e salvar a vida dos poucos que ainda restavam.

"Você vai destruir toda sua civilização e para quê? Por uma garota."

No segundo livro, Especialista foi em busca de um local seguro, mas foi capturada e passou por procedimentos que a deixaram extremamente resistente a dor, e isso ajudou muito na missão do grupo. Muitas vezes fiquei na dúvida de que lado ela estava, se os procedimentos tinham tirado o lado humano dela, mas isso vocês só vão saber lendo, haha.

Evan Walker entrega-se aos "Outros" na intenção de salvar Cassie e os companheiros ou, pelo menos, dar mais um tempo para eles, mas a garota surta e decide ir atrás dele; Especialista vai junto para ajudá-la.

Esse livro é muito intenso, até porque tem muita coisa para ser resolvida. Chega um momento em que já não sabemos mais quem é o mocinho ou o vilão, a tecnologia que os alienígenas têm é capaz de mudar até as lembranças das pessoas, e isso nos confunde muitas vezes.

Sam, apesar de ter apenas seis anos, amadurece muito e sabe, inclusive, fabricar bombas; Ben Parish mantém o seu lado de bom moço; Especialista é sempre uma incógnita, nunca sabemos o que realmente ela está pensando ou sentindo; Cassie continua sempre agindo por amor, primeiro por Sam, e agora por Evan.

"Porque o amor é a arma mais perigosa do mundo. É mais instável do que urânio."

O final, em parte foi o esperado por mim, em parte deixou-me triste, mas acho que ele foi perfeito. Eu tive algumas dificuldades com esta leitura porque dei um intervalo muito grande entre a leitura dos dois primeiros livros e a leitura desse terceiro e último, tinha detalhes que eu não lembrava e precisava buscar eles na memória, que já não é muito boa, mas foi uma leitura incrível e deixou um gostinho de quero mais.