14/10/2019

[Resenha] Tank Girl (Tank Girl #1) | Hewlett e Martin

Tank Girl

Autor(a): Hewlett e Martin
Editora: Astral Cultural
Páginas: 144
Resenha por: Viviane
Avaliação: 4/5
Compre: Amazon / Travessa

*Livro cedido pela editora para resenha


Sinopse: A primeira de uma série de edições remasterizadas que apresenta Tank Girl em ordem cronológica e no triunfal preto e branco - como a natureza sempre quis! Com introdução inédita e ilustrada de Alan Martin e material absolutamente raro da Tank Girl.

Leia ou releia as HQs que serviram de base para a personagem skinhead grossa, pinguça, brutal e pilota de tanque.

Resenha: "Tank Girl" é uma seleção de HQs que foi publicada na década de oitenta e traz como protagonista uma heroína meio às avessas.

Tank Girl vive em um tanque de guerra. Ela foi treinada para ser um soldado, mas parece que tomou outro rumo por ser anarquista, porém ela ainda é chamada para missões.

"Você não entendeu, Farrow? Ela se vendeu ao diabo! Ela não é mais soldada, ela é um demônio! Se não agirmos rápido, ela vai matar todos nós!"

A HQ é toda em preto e branco e Tank Girl é uma figura careca e sexy, que bebe, fuma e primeiro atira para só depois perguntar quem é.

"Que diferença faz? A gente vai chegar e matar geral!"

São quinze capítulos, que foram publicados ao longo dos anos 1988 e 1990. Algumas estórias eu entendi, outras não. A linguagem é bem pejorativa e cheia de gírias e referências do punk rock. Têm muitos palavrões e personagens bem diferentes, como cangurus humanoides.

No primeiro quadrinho a protagonista já chega mostrando a que veio e acaba com uma gangue de cangurus que estava destruindo uma festinha particular; tudo com muito humor negro e sarcasmo e já mostrando que Tank Girl curte bebidas, cigarro, sexo e rock in roll.

Depois Tank Girl é convocada para ajudar o presidente, mas acaba mal - para o presidente. E quando um caçador de recompensas tenta capturar a protagonista... Coitado! Ela até encontra o roupão de Deus e rasga-o para fazer um top para cobrir os peitos que estavam à mostra, depois Lúcifer aparece e oferece a ela três desejos... Muita doideira!

Tem um capítulo em que Tank Girl consulta um mestre vudu e em outro ela espalha que seu namorado, um canguru humanoide, é um grande lutador de boxe, tudo para faturar uma graninha.

Eu, particularmente, não curti muito a leitura. Não costumo ler HQs e esta, por se tratar de uma personagem australiana famosa e não ser de meu conhecimento anterior, ficou parecendo que faltou algo, porém quem curte um humor bem sarcástico e irônico irá se deliciar com esta leitura.

Por fim, tem algo que é indiscutível: para a época em que foi lançada originalmente, Tank Girl é o símbolo do empoderamento feminino. Imaginem lá nos anos oitenta uma personagem feminina sendo treinada como soldado, chamada para lutar, dona de si e do seu corpo... são motivos suficientes para eu virar fã da personagem, assim a leitura em si tornou-se um mero detalhe. É uma HQ que indico demais.

11/10/2019

[Resenha] Príncipes perversos | Karine Vidal

Príncipes perversos

Autor(a): Karine Vidal
Editora: Independente
Páginas: 272
Resenha por: Larissa
Avaliação: 5/5
Compre: Amazon




Sinopse: Lívia terá que assumir a vida de sua irmã gêmea.

Por circunstâncias inesperadas, as irmãs Lívia e Clara foram separadas na infância. Lívia leva uma rotina simples no interior - enquanto Clara possuí uma vida cheia de luxo, refinamento e intrigas na fervilhante cidade grande.

Vinte anos depois da separação, Clara reaparece na vida da irmã. Faz um pedido inusitado: ela precisa que a Lívia assuma sua identidade por três meses.

Em razão disso, Lívia assume a vida de sua irmã gêmea. Ela se muda para a cidade grande e depara-se com mansões, faculdades de elite, bem como alunos tão ricos quanto perversos.

Em posse da identidade da irmã, Lívia engana a todos. Envolvida em um turbilhão de intrigas de jovens milionários, a garota tenta sobreviver e proteger seu segredo.

Contudo, Felipe Feron chegará para atrapalhar os seus planos.

O garoto leva à fama de ditador da faculdade, e comanda o lugar com punho de ferro. Ambos rapidamente viram inimigos - mas o ódio está bem próximo ao amor. O garoto a quer.

Nesse ínterim, um assassino secreto divulga uma lista de alunos que estão marcados para morrer - e o nome de Lívia se encontra no topo. E esse será o seu maior problema.

Desvende esse universo de segredos e intrigas em Príncipes Perversos.

Resenha: Ana Lívia e Maria Clara são irmãs gêmeas idênticas, porém foram separadas quando eram ainda pequenas, já que a mãe delas não tinha condições de cuidar das duas.

Maria Clara - que agora chama-se Mia Santorini - foi adotada por um casal rico de São Paulo e, como consequência, vive uma vida luxuosa com tudo aquilo a que tem direito e muito mais. Enquanto isso, Ana Lívia ficou morando no interior de Minas Gerais, em Campina Bela, e tendo uma vida miserável, juntamente com sua mãe.

"Como algumas pessoas tinham tudo, enquanto outras tinham nada?"

A mãe biológica das meninas morreu há alguns anos, então Ana Lívia mantém-se como pode, trabalhando e estudando nas horas que sobram - o que não adianta muito, já que há três anos ela tenta, mas ainda não conseguiu entrar na faculdade de Medicina.

Mia Santorini precisa sumir do mapa por três meses para resolver alguns problemas pessoais, então resolve ir atrás de sua irmã gêmea para pedir-lhe que assuma sua vida luxuosa por esse tempo; em troca Ana Lívia terá sua faculdade de Medicina particular inteiramente paga e receberá mais um dinheiro para se manter.

Após relutar um pouco, Ana Lívia acaba aceitando o acordo. É claro que não será uma tarefa fácil para Ana Lívia, que teve sempre uma vida simples e solitária, assumir o lugar de Mia, que tem tudo do bom e do melhor, além de ter uma vida social - em uma faculdade de elite, onde apenas os melhores e mais ricos entram - e uma reputação a zelar. E tudo desanda ainda mais com a volta de Feron...

Felipe Feron estudava na Universidade São Valentim e havia ido embora há algum tempo, mas agora está de volta, e tudo o que ele quer é recuperar sua liderança e poder que tinha sobre todos no local. Acontece que, para isso, ele terá que disputar o "topo" com a "nova" Mia, que é bem mais impulsiva e metida a encrencas que a outra.

"O garoto era realmente... Assustador. Músculos intimidadores, olhos cruéis, sorriso de deboche. Um pacote completo para a confusão."

Para piorar a situação em que Ana Lívia encontra-se substituindo sua irmã, todos recebem uma lista com nomes de pessoas que irão morrer - e o de Mia Santorini está no topo.

Aos poucos Lívia começará a quebrar as promessas feitas à sua irmã gêmea de não mudar absolutamente nada em sua vida, e o pior: irá começar a apaixonar-se verdadeiramente por Feron - e ele por ela -, colocando assim, talvez, tudo a perder.

"O amor não pede licença."

Foi uma leitura incrível, que me prendeu do início ao fim - e eu tive que me segurar para não ler tudo de uma vez só, pois sabia que sofreria quando terminasse. Os personagens são cativantes e agem de forma sensata. Cada vez mais tenho certeza de que amarei ler até a lista do supermercado da Karine Vidal... Essa mulher não cansa de me surpreender!

09/10/2019

[Lançamentos] Editora Astral Cultural | Outubro - 2019

Olá, livreiras e livreiros! Tudo bem com vocês? Hoje viemos mostrar para vocês os lançamentos do mês de outubro da Editora Astral Cultural. Vamos conferir?


Como vender na crise e aumentar seus lucros: Muito mais do que ganhar dinheiro, períodos de crise exigem que você domine a arte de vender e seja um expert quando o assunto é driblar problemas em prol de ver seus lucros subindo cada vez mais. Com este guia indispensável, você descobre que o real sentido de “oportunidade” envolve boa observação e organização para solucionar problemas, além de aprender a ter mais paciência, mudar atitudes pessimistas e percorrer caminhos promissores para se adaptar às novas demandas do mercado, desde o atendimento inicial até o pós-venda.

O futuro do seu signo em 2020: Como vai ser 2020 para o seu signo? Será que o Sol, astro regente do ano, vai interferir em algo? As coisas devem melhorar no amor? E no trabalho? Haverá reflexos na parte financeira? Neste livro, João Bidu apresenta revelações de Áries a Peixes para o romance, a conquista, a vida profissional, as finanças e a saúde, além de trazer o que esperar da convivência com familiares e amigos. Você também vai descobrir quais serão os números e as cores para atrair boas energias no próximo ano. Prepare-se, em 2020 você terá muita energia para conquistar tudo aquilo que deseja em todas as áreas de sua vida.

O livro da Lua 2020: O tempo não é neutro e muito menos indiferente, ele possui qualidades. Cada dia é único, com natureza, clima e humores próprios. Conhecer e respeitar o seu ritmo é a melhor maneira de aproveitá-lo. É como se existisse um humor coletivo e as pessoas funcionassem como marés humanas. Em condições normais, fora os fatores climáticos e as alterações atmosféricas - calor, frio, chuva - ou os índices econômicos - fim de mês, dia de pagamento, alterações do câmbio -, que interferem dramaticamente sobre a psicologia humana, existe outro elemento, do qual os astrólogos há mais de dois milênios têm ciência: o Céu. O Livro da Lua 2020 fornece ao leitor - leigo ou iniciado em Astrologia - uma análise diária do Céu para o ano de 2020, interpretando a partir das posições dos planetas, as tendências e as atividades que estão em alta ou em baixa. O melhor uso que o leitor pode fazer de O Livro da Lua 2020 é consultá-lo como uma pré-agenda antes de decidir seus compromissos e, assim, beneficiar-se melhor desse dia. Aproveite!

POSTAGEM POR: LARISSA E VIVIANE

07/10/2019

[Resenha] A casa dos pesadelos | Marcos DeBrito

A casa dos pesadelos

Autor(a): Marcos DeBrito
Editora: Faro Editorial
Páginas: 144
Resenha por: Viviane
Avaliação: 5/5
Compre: Amazon / BuscapéSubmarino




Sinopse: Dez anos depois de estar cara a cara com aquela assombração, Tiago finalmente concorda em voltar à mesma casa para visitar sua avó.

Agora adolescente, ele pretende provar para si mesmo, que a terrível imagem que o aterrorizara nas madrugadas por tanto tempo, não passava de uma criação tenebrosa da infância.

Mas, ao chegar no casarão, o jovem se depara com o misterioso quarto de seu falecido avô, agora mantido fechado, e tratado como espaço proibido. As restrições com relação ao aposento, as sensações e barulhos no meio da noite logo alimentam nele a suspeita de que algo terrível habita o local.

Tomado por uma estranha coragem e desejo de ver-se finalmente livre do medo, tudo que o rapaz deseja é descobrir o que há por trás daquela porta.

Então, o pesadelo toma novo impulso quando a figura sombria da infância mostra-se real novamente... mas, desta vez, ela quer atacar o seu irmão mais novo.

Determinado a impedir que o caçula passe por terror semelhante, Tiago, mesmo apavorado, decide enfrentar a criatura. E o que descobre expõe terríveis segredos do passado que ninguém poderia imaginar.

Resenha: Muito da imaginação do leitor é despertada pelas ilustrações que um livro contém, então quero começar falando dessa edição da Faro Editorial, que está lindíssima e rica em detalhes, tanto nas ilustrações quanto nas páginas em laranja que, nesse caso, remetem às lembranças de nosso protagonista de quando ainda era criança, com seis anos de idade.

Nessa estória incrível e assustadora vamos conhecer Tiago, com dezesseis anos, voltando, depois de dez anos, à casa da avó, onde sofreu um trauma terrível na infância. Tiago jura que viu um monstro durante uma breve estadia na casa da velha senhora, Célia, mãe de Laura, sua mãe. Na casa tem um quarto proibido de entrar, que era do avô de Tiago, já falecido, e a avó proíbe o garoto de entrar, mas a curiosidade da criança é maior e, ao tentar abrir a porta, a avó o repreende severamente e fica sempre achando que fora este o motivo de o neto nunca mais ter voltado lá. Na época o garoto narrou ouvir passos, depois ver um vulto horripilante parado na porta o observando e, no dia em que ele surtou e fugiu da casa, durante a madrugada, disse que a criatura havia entrado no quarto.

"Eu vi nos olhos do Tiago que ele estava aterrorizado com alguma coisa. O que quer que tenha acontecido de madrugada, mexeu com a cabeça dele. E mexeu tanto que ele não conseguia nem me falar direito o que era."

A descrição do monstro é horrível, rendeu-me arrepios e pesadelos já no início do livro.

Dez anos de muita terapia passaram-se e Tiago então retorna à casa da avó, agora com o irmão Bruno, de seis anos, mesma idade que ele tinha na época. Tiago volta decidido a desvendar o mistério e convencer-se de que tudo foi sua imaginação de criança.

"Se tivesse a opção, jamais retornaria. Porém, não queria atravessar toda a adolescência com horror de algo que sua terapia o fizera questionar se de fato era real. Para ter uma vida adulta livre de temores ingênuos, ele reconhecia a necessidade de ter que rejeitar sua covardia. Precisava certificar-se de que o que virá quando criança era apenas fruto da sua imaginação."

Só que agora é Bruno quem passa a ser assombrado pela criatura, e Tiago tentará de todas as maneiras proteger o irmão.

Devo dizer que na metade do livro comecei a desconfiar do mistério, mas vou confessar que estava redondamente enganada, nem nos meus piores pesadelos eu imaginaria o desfecho final. Terminei o livro arrepiada e cada vez que lembro do final e consequentemente visualizo a cena, arrepio-me novamente; acho que ainda terei pesadelos por várias noites.

04/10/2019

[Resenha] O filho agora é meu | Jéssica Amaral

O filho agora é meu

Autor(a): Jéssica Amaral
Editora: Independente
Páginas: 304
Resenha por: Viviane
Avaliação: 5/5
Compre: Amazon

*Livro cedido pela autora para resenha


Sinopse: Após os acontecimentos com a família de Lorenzo, Lara foi obrigada a voltar para casa e ficar longe de Daniel. Mas agora ela voltará para cursar sua faculdade, porém nem tudo serão rosas, vendo que os acontecimentos entre ela, Lorenzo e Daniel sairá no jornal e todos ficarão sabendo.

Será que ela aguentará as consequências disso tudo?

Resenha: Primeiramente, vamos recapitular o primeiro livro: Lara, com dezessete anos, vê-se obrigada a casar-se com um homem mais velho, porém é apenas um acordo. Este homem, Lorenzo, tem um filho de vinte e cinco anos, Daniel. Lara e Daniel vivem uma tórrida história de amor, e uma ex namorada ciumenta quase acaba com a vida da garota.

Nesse segundo livro, todo o acontecimento do casamento resolveu-se e Lara e Daniel podem, agora, viver livremente o seu amor. Lara agora tem dezoito anos e está ingressando na faculdade de medicina veterinária. Daniel está no estrangeiro participando de uma competição com seu cavalo, Cometa.

Todo o incidente e escândalo do primeiro casamento de Lara parecem ter ficado para trás, até que Larissa, prima de Lara, expõe no mural da faculdade um recorte de jornal, o qual diz que Lara iria casar com o pai, mas o traiu com o filho. Lara, que não tem limites, dá uma surra em Larissa.

"Lara você não pode sair batendo nas pessoas porque fizeram algo de que não gostou."

Em uma festa no inicio do ano letivo, uns garotos dopam Lara e tentam estuprá-la, mas ela é salva e Daniel volta de onde estava. O resto do curso corre bem, Lara forma-se e Daniel a pede em casamento, mas alguém envia um vídeo de Lara beijando outro garoto e, mesmo parecendo montagem, Daniel não dá nem chance para ela explicar-se. Mais uma vez Daniel mostra não confiar em sua namorada e seu ciúmes o faz perdê-la.

"Não tinha nada que me acusar e sim ouvir a porra da história. Estou cansado de ser acusada por todo mundo. Era para ele ficar do meu lado, ainda mais se diz que me ama tanto assim."

O casal rompe e meses passam-se. Mas eis que ressurge das cinzas a ex namorada de Daniel e novamente põe a vida de Lara em risco, só que dessa vez ela passou dos limites e parece que tudo terá um triste final.

A paixão de Lara por sua égua, Teci, continua muito forte nesse segundo livro, assim como o amor de Daniel por seu cavalo Cometa. Este casalzinho equino também viverá um romance muito fofo.

Isabeli, amiga de Lara, e Gustavo, amigo de Daniel, foram bem presentes nesse segundo livro.

Eu gostei muito mais desse segundo livro; mesmo Lara ainda sendo bem marrenta e não tendo papas na língua, ela está mais madura e decidida quando ao que quer, não foi qualquer colega babaca ou prima enxerida que a colocou para baixo. Daniel também amadureceu bastante; ainda comete erros por causa de seu ciúmes, mas quando seu amor por Lara é colocado em prova, ele mostra-se um homem muito digno e honrado.

A estória continua leve e divertida. Apesar da recomendação indicar conteúdo adulto, as cenas de sexo são bem poucas, o que eu achei ótimo; mais romance, drama e ação e menos sexo. Pareceu-me que a estória teve um final, então se tiver continuação, acredito que contará a estória de outro personagem.