10/02/2017

Resenha: Querido Joseph - Carlos Torres

Querido Joseph

Autor(a): Carlos Torres
Editora: Vida & Consciência
Páginas: 384
Resenha por: Viviane
Nota: 5/5
*Livro cedido pela editora para resenha




Sinopse: A dor, quando vencida, transforma-se em progresso. E foi isso que aconteceu com Parker. Jovem, cheio de planos, ele se apaixona e se casa com Clara, uma moça rica de Manchester. Juntos, eles têm um filho, Joseph, e a vida do casal muda dramaticamente após o nascimento dessa criança.

Ao completar seis anos de idade, Joseph desaparece misteriosamente, e seu pai se vê diante do mais completo desespero. Atormentado pela culpa, a vida de Parker se transforma radicalmente e, durante anos, ele enfrenta as mais duras provas que um homem pode suportar.

Esta linda história de amor e superação revela que a dor derruba a muralha das ilusões, ensina a valorizar a vida, a saúde, a paz e as coisas simples do dia a dia.

Resenha: A premissa do livro se apresentou um pouco diferente ao autor, pois normalmente romances espíritas são psicografias (não é regra). Mas esta história chegou até o Carlos como uma espécie de sonho consciente, um sonho tão real que não lhe saía da cabeça, até que precisou ir para o papel, e eu fico muito agradecida por isso.

"Esta é minha vida, amigo! Preste atenção em todos os detalhes e aprenda comigo o verdadeiro significado da vida. Eu lhe mostrarei tudo, simplesmente tudo."

Parker é nosso personagem principal. Um rapaz pobre, de família muito humilde, mas trabalhadora. Aos 26 anos forma-se em engenharia civil, que era o sonho de seu pai, um ex militar da Segunda Guerra Mundial e aposentado das minas, no interior da Inglaterra. Estudou em Londres, graças as economias de seu pai, que guardara cada centavo com intuito de formar o filho.

"...dizem por aí que, quando a gente se levanta decidido a encontrar nossos sonhos, nossos sonhos também se levantam e começam a vir ao nosso encontro."

Ao retornar para a pacata Wigan com o diploma em mãos, é apresentado por seu amigo, Clark, à jovem, bela e rica Clara, uma moça fútil e mimada que dá extremo valor às aparências e aos bens materiais. Logo no primeiro olhar, ambos sentem-se atraídos um pelo outro e dali há alguns meses Parker pede a moça em casamento. Junto com a bela namorada vem um pai milionário do ramo da construção civil, e Parker se torna o braço direito de seu sogro, aumentando significantemente os lucros da empresa.

Mesmo antes do casamento, Parker percebe que a noiva tem problemas com bebida e estranha quando, de repente, a moça para de beber. Logo vem a notícia de que Clara está grávida, o que deixa Parker estasiado de felicidade.

O casamento se aproxima e Parker é chamado para uma reunião com seu sogro, que lhe diz estar com um câncer gravíssimo e que deixará mais da metade da empresa para o genro. Parker aceita, mas mantém segredo, como foi prometido.

O casamento acontece como o evento do ano, uma cerimônia luxuosa e inesquecível para todos. Durante o pré natal, lá pelos três meses de gestação, o médico chama o casal para falar sobre o resultado dos exames e diz ter descoberto que o bebê terá Síndrome de Down. Clara surta e sai do consultório gritando, mas Parker fica e escuta o médico. Naquele instante ele já sente amar seu filhinho e o batiza de Joseph.

"Amar incondicionalmente o bebê era, sem dúvida, a única alternativa que lhe restava."

A partir daquele momento o casamento dos dois começa a ruir e no dia em que Joseph nasce, Clara não consegue nem olhar para o bebê, quanto mais amamentá-lo. Por uma infeliz coincidência, o sogro de Parker falece praticamente ao mesmo tempo em que o bebê está nascendo.

Então a vida de Parker vira de ponta cabeça, pois precisa assumir integralmente a empresa da família e, ao mesmo tempo, cuidar do filhinho que é constantemente rejeitado pela mãe.

Os anos se arrastam e, quando Joseph está com três anos, acaba indo morar com os avós paternos em Wigan, há alguns quilômetros de Manchester, que é onde o Parker e a esposa vivem. Lá o menino sente-se amado e querido. 

Passam mais três anos e Parker tenta comemorar o aniversário de seis anos do filho com a família de Clara, mas a moça, bêbada, faz Joseph passar por uma grande humilhação, o que acaba de vez com o casamento.

Joseph é um menino muito inteligente e tem um grande amor pelos livros, em especial por um escritor francês, e na volta da lamentável festa, Joseph diz que seu sonho é conhecer quem escreve os livros que ele tanto gosta. Parker descobre que em algumas semanas o tal escritor estará em uma feira em Paris e decide viajar com seu filhinho para lá.

A viagem à paris estava sendo maravilhosa para ambos, até que, em um piscar de olhos, enquanto Parker está na fila da bilheteria, alguém sequestra Joseph. Parker fica tão desesperado que chega a ser preso por perturbar a ordem no evento.

"Mal sabia Parker que este seria apenas o início de um período de grandes provações. Um período dramático, que marcaria sua vida para sempre."

A partir deste trecho do livro, a vida de Parker muda completamente. Eu nem consigo explicar com palavras a dor e o sofrimento daquele pai. Os dias passam e os sequestradores não fazem contato. Parker contrata os melhores detetives de Londres. Nenhuma pista é encontrada. O dinheiro de Parker está acabando, e ele parece ser o único a se importar com o sumiço do filho, além de seus pais. Quando estava quase tendo um colapso, Clara, por conselho do advogado da empresa, leva Parker a um psiquiatra, mas isso só piora, pois ele chega a ser internado. Eu não quero dar mais detalhes, para não dar spoiler, mas a história é muito intensa, muito verdadeira. Eu me envolvi tão profundamente, eu senti a dor daquele pai. Eu, como ele, também tinha certeza de que Joseph ainda estava vivo, em algum lugar.

Parker fora traído, apunhalado pelas costas por quem ele confiava. Foi do luxo ao lixo em questão de dias. Sofreu o inimaginável, perdeu todo mundo que ele amava e nunca desistiu. Acontecem muitas coisas. Quem gosta de um bom mistério a ser descoberto vai curtir muito esta leitura.

Esta é uma das histórias mais lindas e tristes que já li na minha vida. Após acabar de ler, fui procurar o autor nas redes sociais, pois eu precisava dizer à ele o quanto tinha gostado do livro e o quanto a história dele mexeu comigo. Conversamos. Ele é um fofo, um querido, super atencioso e até "trocou umas figurinhas" sobre a história comigo, que eu adorei! É como sempre digo: eu não escolho os romances espíritas, eles é que me escolhem.

"Descobri que tudo tem uma razão para acontecer e que o acaso definitivamente não existe, nem mesmo o acaso acontece por acaso."

E vou deixar mais uma frase que eu gostei, porque nestes romances espíritas sempre tem frases lindas e eu adoro elas.

"Amar não é apenas olhar um no olho do outro. Amar é olhar juntos na mesma direção."

35 comentários:

  1. Uau! Que história, ein?! Me senti envolvida com a trama só de ler a tua resenha. Já fiquei doida para conferir a história, principalmente para saber quem foi que sequestrou o Joseph... Ah, e que vontade de matar a Clara!

    Beijos, diva! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah minha filha, do jeito que tu envolve com os personagens, vai querer matar muita gente neste livro. Mas tenho certeza que vai gostar e no final vai te sentir como eu, precisando falar com alguém sobre a história, eu só tinha o autor para fazer isto, mas tu tem eu :)

      Excluir
  2. Nossa, que história! Só de ler a resenha eu já estava quase me sentindo na história! Eu adorei! Beijos!!

    www.lendo1bomlivro.com.br
    @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Day, o livro é muito intenso ao ponto de nos sentirmos parte da história. Vale muito a pena.
      Obrigada.
      Bjos

      Excluir
  3. Ainda não conhecia, mas a história parece ser realmente bem intensa, eu já senti a agonia desse pai enquanto lia a resenha, então imagina enquanto se lê o livro mesmo, deve ser muito emocionante. Adorei a resenha!
    Um beijão,
    Gabs do likegabs.blogspot.com ❣

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriela, que bom que tu entendeu bem o que eu quis passar na resenha.
      Obrigada!
      Bjos

      Excluir
  4. Oi. Não sou muito fã de livros espíritas, mas até gostei da premissa dessa história. O problema é que sou uma pamonha derretida, provavelmente iria chorar horrores durante a leitura e não estou procurando isso no momento.
    Beijo! https://leitoraencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Miriã, este livro é bem diferente da ideia que as pessoas tem do livro espírita. Não deixe que o termo "espírita" te impeça de conhecer esta linda história.
      E se ler, prepara o lenço, porque as lágrimas irão rolar, com certeza.
      Obrigada pela visita.
      Bjos

      Excluir
  5. Oie
    Não costume de ler este gênero, mas seus comentários me despertaram curiosidade.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nessa, eu ouço isso toda hora, de não gostar do gênero, mas te digo uma coisa, dê uma chance a um romance espírita, é uma história como qualquer outra, só que tu vai encontrar muito mais verdade e sentimento.
      Este seria um ótimo livro para ti conhecer o gênero.
      Obrigada pela visita.
      Bjos

      Excluir
  6. Oi! Que resenha maravilhosa. Já vi a foto do livro no insta e só ela já me encantou. Com certeza procurarei para ler. Bjos <3

    Click Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi, obrigada :)
      Fico feliz que tenha gostado e leia sim, tenho certeza que não vai te arrepender.
      Bjos

      Excluir
  7. que maravilha de resenha, adoro mistério. E saber que se passa em Londres é envolvente, com certeza é motivos suficiente para eu ler. adorei beijos

    Taynara Mello
    www.indicarlivros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Taynara, realmente é ótimo conhecermos lugares através dos livros.
      Bjos

      Excluir
  8. Oi Viviane, sua linda, tudo bem?
    Você me emocionou com sua resenha. Eu consegui, através das suas palavras, sentir a bondade da alma desse homem. E infelizmente, acredito que foi a esposa que armou tudo, para tirá-lo da empresa. Se chegou a interná-lo, era a prova que ela precisava. E se realmente foi ela, não há palavras para descrever um ser humano assim. O pior disso tudo??? Existem pessoas assim na vida real. Acho que é isso que machuca. Não conhecia esse livro, mas não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cila, a imaginação da gente voa mesmo, eu também ficava imaginando quem teria armado, mas a esposa era fútil e muito burra para tal feito, também pensei que fosse ela, mas tinha gente muito mais perversa induzindo os atos dela. E infelizmente existe gente assim. Triste verdade.
      Leia sim Cida, depois podemos debater o livro, tenho certeza que tu vai gostar, pois é impossível não se envolver com a história.
      Obrigada pela visita e pelo comentário.
      Bjos

      Excluir
  9. Oi, Vivi!
    Nossa! Essa história parece ser bem forte e daquelas que marcam mesmo.
    Geralmente eu não curto livros espíritas, mas esse com certeza eu leria.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza, fico imensamente feliz que minha resenha tenha te despertado a vontade de ler um livro que não costuma ser teu gênero favorito. Muito obrigada pela visita e pelo comentário.
      Bjos

      Excluir
  10. Oi meninas,
    Gostei muito da dica, gosto de histórias fortes com superação do problema. Mas como é espírita, sei que minha mãe gostará mais que eu, rs.
    Beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alessandra, olha aí, que presente bom para a mãe. Ela vai adorar, tenho certeza.
      Obrigada!
      Bjos

      Excluir
  11. Olá, Viviane.
    Acho que já disse aqui anteriormente que não leio romances espiritas. Mas acho que a história deve ser muito boa. E como pode uma mãe rejeitar um filho assim?

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil, pois é, não dá para acreditar...
      Obrigada por estar sempre nos visitando e deixando comentários.
      Bjos

      Excluir
  12. Oi Viviane!
    Não é meu estilo de livro, mas que bom que você gostou da história.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariana, obrigada pela visita.
      Bjos

      Excluir
  13. Olá Viviane, tudo bem?

    Recebi esse livro essa semana em parceria com a Editora e não sabia o que esperra dele. Ao ler sua resenha, tenho certeza que será uma leitura fantástica e que irei me envolver com a obra do início ao fim. A história parece ser muito emotiva e me afetará. Excelente resenha! Vou começar a ler agora mesmo!

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice, que legal, podemos discutir em "off" a história depois.
      Obrigada pela visita.
      Bjos

      Excluir
  14. Olá,
    Tudo bem?
    Eu não lembro de ler um livro espírita :O
    Gostei da resenha, quem ler se sente dentro do livro, da história em si :)

    Beijos e cuidem-se
    www.rimasdopreto.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sandro, esta leitura te coloca dentro da história. Super recomendo.
      Obrigada.
      Bjos

      Excluir
  15. Oie, tudo bem?
    Nossa, que triste! Primeiro por ser o único a se importar com o filho e segundo por perdê-lo de modo tão sofrido. Espero que o final traga paz pro coração do personagem. E que amor o autor ter trocado figurinhas com você!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas | Saiu o resultado do sorteio!

    ResponderExcluir
  16. Oi Priih, história muito triste mesmo, mas o final faz valer a pena todo o "aperto no coração" durante a leitura.
    E o autor foi um amorzinho mesmo. Me senti muito feliz.
    Obrigada.
    Bjos

    ResponderExcluir
  17. OIE!

    Amei sua resenha!

    Abraços...

    http://submundosliterarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Viviane! Realmente romances espíritas tem frases lindas! <3 Parece ser uma história incrível e sua resenha está super completa! Adorei!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi, eu achei incrível!
      Obrigada!
      Bjos

      Excluir
  19. Não conhecia esse livro e fiquei completamente encantada com ele, amo livros espírita, principalmente os de romance! ♥

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir