01/01/2018

[Resenha] Em busca de respostas | Zibia Gasparetto

Em busca de respostas

Autor(a): Zibia Gasparetto
Editora: Vida & Consciência
Páginas: 224
Resenha por: Larissa
Avaliação: 5/5
Compre: Americanas / Buscapé / Editora

*Livro cedido pela editora para resenha


Sinopse: Decidi dividir minhas experiências com você, porque é a hora da mudança. Chegou o momento de levantar o véu que cobre as verdades eternas do espírito.

Desde o início da civilização, os espíritos de luz trazem aos homens as provas da eternidade. Sabendo disso, comecei esta pesquisa sobre o trabalho que eles têm realizado desde o princípio dos tempos, interferindo nos problemas humanos.

Durante minha vida, ouvi várias histórias por esse Brasil afora e resolvi reuni-las em um livro sobre o assunto, baseando-me nelas para relatar minhas conclusões.

Estou feliz por realizar este trabalho, porque sei que sempre estamos em busca de respostas que nos tragam esclarecimento, luz e paz.

Resenha: "Em busca de respostas" é mais uma daquelas obras espíritas de auto-ajuda que eu gosto muito de ler para aprender cada vez mais sobre o espiritismo. Neste livro vamos ler diversas histórias espíritas recebidas pela autora, que nos provam que a vida continua. Zibia "entra" no livro fazendo um breve comentário a respeito de cada história.

Na primeira história vamos conhecer Gláucia, uma moça que tinha previsões em forma de sonhos. Ela sonhava, especialmente, com a morte das pessoas a sua volta, o que deixava-a muito aflita, porém no fundo ela sabia que seus entes falecidos estavam muito bem no mundo espiritual, quando sonhava com eles após a morte e via-os felizes.

A segunda história fala sobre aborto e somos apresentados à Amélia, uma mulher casada que não queria ter mais filhos e, ao engravidar, decide abortar. Porém, amparada por amigos espirituais, é levada até o plano espiritual e acaba vendo o sofrimento dos espíritos que foram abortados. Será que ela irá mudar de ideia?

"O aborto é um ato de agressão onde feto é ferido, feito em pedaços, em um momento em que não terá como se defender."

Em "Encontro marcado" temos Cláudia, que acaba conhecendo um rapaz, Carlos, e ambos constroem uma vida juntos. Acontece que o rapaz tinha câncer e, um tempo depois, acaba falecendo. Depois disso, todos os dias, no mesmo horário, Cláudia vê a rede que Carlos costumava deitar-se balançando...

"Amigas" apresenta-nos, primeiramente, Samira. A moça fora criada severamente, por pessoas que lidavam com magia negra, portanto sempre teve medo de espíritos. Além disso, casou-se com um homem ruim, que batia nela, e por isso precisou passar por uma cirurgia. Após ser internada em um quarto com outras moças, ela transformou o ambiente, sempre muito falante e alegre. O que ela não esperava era perder uma de suas novas amigas...

Na história "Adeus" temos um homem que está hospitalizado e bem lúcido de que vai morrer; ele conversa com seus amigos espirituais e tudo ocorre normalmente. Zibia conta-nos uma história parecida que aconteceu e ela auxiliou, porém, no caso dela, o homem não queria desencarnar de forma alguma.

"O medo da morte contribui para que a pessoa prolongue o próprio sofrimento, resistindo apesar de saber que não tem mais chance de recuperar a saúde."

No capítulo "Regressão" iremos conhecer Edna, uma mulher espírita que queria muito saber o que havia sido nas vidas passadas. Então durante os sonhos ela acabou descobrindo quem fora nas vidas passadas e reconhecendo muitas pessoas que estavam em suas outras vidas e estão nesta novamente. No fim, ela ficou bastante chateada com o que descobriu. Achei este capitulo bem interessante porque confesso que eu já quis saber quem fui no passado, o que meus familiares e conhecidos foram meus, mas agora sei que têm coisas que é melhor não sabermos.

"O passado passou, mas tudo que vivenciamos fica arquivado em nosso inconsciente. Algumas vezes, pedaços de cenas vividas no passado, podem surgir em nossos sonhos, de forma confusa, sem coerência e trazem energias negativas em forma de pesadelos."

Nos capítulos "Incêndio" e "Fumaça" podemos ver o quanto os espíritos de luz são capazes de interferir em nossas vidas e ajudar-nos quando necessário. No primeiro, Magda, uma médium, perdeu seu marido e, um dia, sozinha em casa, foi acordada durante a noite por ele, pois estava acontecendo um incêndio. O fogo não se alastrou muito porque, o marido, juntamente com seus amigos espirituais, "bloqueou" o fogo, impedindo que ele tomasse dimensões maiores. No segundo, Paula, uma mãe, é avisada enquanto dorme por seu padrasto de que ela esqueceu a chaleira com água e, quando vai ver o que está acontecendo, vê que a casa está tomada por uma fumaça tóxica.

Eu citei nesta resenha apenas algumas das 42 histórias que Zibia conta-nos nesta obra. Todas as histórias são verdadeiras e cada uma é uma prova a mais de que a vida não tem fim, a morte não é o fim. Eu gostei muito da obra e com certeza pude tirar grandes ensinamentos, que são sempre válidos de alguma forma. Indico muito o livro, principalmente para quem tem interesse em saber mais sobre o espiritismo, mas não quer ler os outros livros que já resenhamos aqui, por serem histórias muito longas. Nesta obra cada história tem em torno de três páginas, podendo ter um pouco mais ou um pouco menos, então não deixem de conferir!

13 comentários:

  1. Oie,td bom?
    Estou começando meu blog e gostaria da sua ajuda. Me segue?
    AMEI demais seu blog!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita. Beijos!

      Excluir
  2. Uauu, muita coisa bacana nesse livros, temas bem interessante, faz muitos anos que não leio a Zíbia, mas que bom que vc curtiu a leitura!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oii, tudo bem?
    Eu vou ser sincera, eu não sou muito de ler livros espiritas, eu já li alguns e gostei, mas acho que esse não seria o caso, mas de qualquer forma eu vou procurar mais sobre ele, quem sabe eu não mude de ideia?

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bom?
    Nunca li nada da Zibia Gasparetto, acho que por falta da vontade mesmo. Não sou muito de livros espíritas, não fazem muito meu estilo de leitura. Esse livro ainda não conhecia e, apesar de achar as histórias que você apresentou bem interessantes, não sei se o leria. Adorei a resenha.
    Até mais o/

    ResponderExcluir
  5. Sou espírita e amo ler obras do gênero, mas ao contrário de alguns leitores minha preferência é pelas histórias longas... Rs... Histórias tão curtinhas como as que compõem esse livro normalmente não conseguem me envolver tanto, mas não digo que não lerei, achei algumas que você apresentou bem interessantes, então talvez eu leia sim.

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Apesar de não ler livros desse gênero achei bem interessante sua resenha, deu pra perceber que pra quem curte um livro espírita é uma ótima pedida por ter tanas histórias bem escritas e com uma lição no final.
    É um ótimo presente sem dúvidas

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li nenhum livro da Zibia, mas tenho muita curiosidade. ❤
    Só li 1 livro espírita, espero gostar dos da Zibia.
    Que bom que você curtiu a leitura, ele parece ser ótimo.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  8. Oi. Já li muita coisa da Zibia e ela tem uma boa mão, apesar de eu não curti auto-ajuda, compreendo apenas como algo espiritual. Como tem muito tempo que não leio nada da autora, vou anotar a dica.

    ResponderExcluir
  9. Conheço a autora claro, mas nunca li nada dela acredita? Na verdade essa é a primeira resenha que vejo dela na vida.Achei muito interessante a premissa mas no momento não me atrai para ler, quem sabe mais a frete. Obrigada pela dica meu bem.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Conheço a autora mais nunca li nenhum dos seus títulos antes!
    Ah, gostei muito do seu blog, parabéns por ele!!

    ResponderExcluir
  11. Olá
    muito legal sua resenha, ótimo saber sua opinião. Não é um livro que eu leria mas tenho uma prima que adora os livros da autora e imagino o quanto ela é talentosa

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu gosto muito de livros espíritas, mas a autora se perdeu um pouco, sabe? Eu acho que ela deixou o sucesso subir à mente. A sua resenha está extraordinária e não tenho dúvidas que esse livro é inspirador e traz muitos ensinamentos, mas vou passar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir