08/02/2019

[Resenha] Livres para recomeçar | Rose Elizabeth Mello

Livres para recomeçar

Autor(a): Rose Elizabeth Mello
Editora: Vida & Consciência
Páginas: 256
Resenha por: Viviane
Avaliação: 5/5
Compre: Americanas / Editora

*Livro cedido pela editora para resenha


Sinopse: "As histórias da vida vêm carregadas de lições que nem sempre conseguimos captar. Este romance, que reproduz ficticiamente os dramas reais de muitas pessoas, nos ajuda a reconhecer tais lições. Quem jamais se apaixonou e se decepcionou? Quem passou pela vida sem ter experimentado pelo menos um momento de amargura? Qual de nós pode afirmar que nunca desejou se vingar de alguém? Até que ponto não chamamos de justiça o que é, na essência, desejo de vingança? Quantos, ao se tornarem adultos, escapam de errar e magoar profundamente pelo menos uma vez na vida? 'Livres para recomeçar' nos abre os olhos para o preço a ser pago sempre que nos aprisionamos em ressentimentos. Uma trama envolvente, repleta de encontros e desencontros, cuja tensão sustenta a leitura até o fim, com uma linguagem simples, fácil, mas com reflexões oportunas. Uma excelente leitura para todos que querem se sentir livres para recomeçar!" Caroline Treigher - Psicóloga Transpessoal

Resenha: Até que ponto alguém é capaz de ir por vingança? E se a vítima da vingança não tiver culpa, será que vale a pena levar adiante?

Em "Livres para recomeçar" vamos conhecer a jovem e encantadora Simone, de apenas vinte e quatro anos, que é formada em engenharia naval e já comanda, ao lado do pai, Carlo, a maior empresa de fabricação de iates de luxo do Brasil.

Carlo é viúvo desde o parto de Simone e nunca mais se relacionou seriamente com mulher alguma desde então. Simone também nunca teve relacionamentos sérios, já que dedicou a vida toda aos estudos e a cuidar de seu pai.

Um dia, em uma vistoria em um dos iates no litoral de onde moram, Simone é vítima de um princípio de assalto e acaba sendo salva por Rubens, um homem encantador que, na mesma hora, rouba o coração da moça, mas o encontro dura apenas um jantar de agradecimento e os dois não se encontram mais, já que Simone precisa voltar para casa e ambos não trocaram telefones. Nesta mesma época Carlo atende Bernardete, uma cliente milionária com uma história muito triste, e se encanta pela jovem senhora tão elegante e encantadora; não demora a engatarem um namoro e, em seguida, casamento, já que Bernardete diz ter ficado viúva há pouco tempo. Simone fica muito próxima de Bernadete e logo confidencia sobre o encontro com Rubens e o quanto ficara encantada com o rapaz, com o qual perdeu o contato.

Um dia, como que por milagre ou destino, Bernardete convida a família para irem ao teatro e Simone avista Rubens, em uma cadeira afastada. Imediatamente Bernardete dá um jeito de levar Rubens até a moça e o desfecho é o esperado: namoro, noivado e casamento. Rubens ganha um cargo de confiança em uma empresa de pescado que o sogro abre especialmente para ele administrar. Porém logo todas as coincidências do encontro de Simone com Rubens e a paixão entre Bernardete e Carlo passam a fazer sentido...

Há muitos anos o avô de Carlo roubou o avô de Rubens, e o rapaz tramou por anos uma vingança para tirar tudo de Carlo e Simone, embora ambos nem soubessem do ocorrido ou tivessem culpa. Bernardete é irmã do rapaz por parte de pai, o que fez com que ele a envolvesse em seu plano de vingança.

"Os sentimentos ruins são como erva daninha, que cresce em meio a um belo jardim, sorrateira e ameaçadora."

Eu confesso que desconfiei no começo das coincidências do encontro dos jovens e da história de vida de Bernardete, mas achei que estava sendo influenciada pelos livros policiais que leio, onde ninguém é confiável, e dei um voto de confiança aos personagens, mas eu estava certa desde o começo, realmente eram pessoas em quem não se podia confiar.

Não demorou muito para Rubens "mostrar as garras" e descontar em Simone a sua raiva; quando Carlo soube e foi tirar satisfações, não acabou bem e Bernardete, imaginando que iria sobrar para ela, fugiu na primeira oportunidade, valendo-se de uma grande quantia em dinheiro que conseguiu desviar no tempo em que esteve casada com Carlo.

"E ainda cheguei à conclusão de que, de certa forma, devemos ser gratos aos inimigos, que, no intuito de nos derrubarem acabam nos tornando mais fortes."

A partir daí, todos os envolvidos na história terão que rever suas atitudes, o que os levou a tais atos e descobrir uma maneira de deixar a vingança de lado, perdoar e seguir em frente.

9 comentários:

  1. Olá!
    Achei bem interessante a história. Enquanto eu lia fiquei imaginando o que iria ligar os personagens na trama. Confesso que preferiria saber desse detalhe na leitura do livro, iria dar aquele gostinho de curiosidade, sabe?
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?!

    Poxa, eu já li um livro onde o tema principal era a vingança e tal e a trama foi muito boa e super bem amarradinha. Gostei muito do que você falou do livro, acho que vou procurar pra ler qualquer hora dessas!!

    ResponderExcluir
  3. E aí, tudo bom?
    Eu também leio muito policial e quando vou ler qualquer outro gênero eu fico bem detetive em cima dos personagens haha

    E tem personagem que a gente pega bem de cara né?

    Adoro uma boa história de vingança rs escorpiana aqui. Não conhecia o livro, mas lerei com certeza.

    --
    Tiffannyk
    https://thereviewbooks.com.br
    #thereviewbooks | @threviewbooks
    🔛 Ouça nosso podcast e concorra a um Big Rock autografado.

    ResponderExcluir
  4. Oiii Viviane

    Eu adoro livros com essa temática de vingança onde a gente acompanha como o personagem inicia de uma maneira, e vai evoluindo, mudando, repassando,a té aprender com seus erros e quem sabe mudar suas escolhas, achei a dica bem legal, e a capa é linda.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Eu também sou muito desconfiada dessas coincidências que parecem acontecer de maneira natural, na verdade é o primeiro ponto pra me deixar ligada de que algo vai acontecer hahah. Dica de leitura anotada.

    ResponderExcluir
  6. Adorei a temática do livro, esse assunto de vingança sempre me deixa em cima do muro, mas assim como você acredito que desconfiaria das coincidências, também não confio em ninguém. Enfim, vou anotar essa dica, quero ler.

    abraços.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Vivi!
    Eu não conhecia o livro ainda e adorei ver um pouco sobre a trama través da tua resena, gostei muito de conferir seus comentários sobre a leitura e me pareceu ser uma obra que me agradaria também. Adorei a sua dica!

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem Vivi?

    Eu confesso que não conhecia o livro e a autora, achei a premissa interessante e gostei da sua resenha, parece ser uma leitura envolvente e gosto do gênero. Dica anotada!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Oi Vivi, sua linda, tudo bem?
    A vingança é um sentimento que só traz consequência ruins para a própria pessoa. E não faz sentido ele querer primeiro, vingar algo que nem aconteceu com ele. Depois, querer responsabilizar pessoas que também não foram culpadas pelo ocorrido. Fiquei chocada quando você revelou que era udo um plano dele, coitada, eu já estava torcendo pelo romance deles, risos...Não conhecia, mas vou colocar na lista. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir