01/07/2019

[Resenha] Gatunas | Kirsten Smith

Gatunas

Autor(a): Kirsten Smith
Editora: Astral Cultural
Páginas: 272
Resenha por: Larissa
Avaliação: 4/5
Compre: Amazon

*Livro cedido pela editora para resenha


Sinopse: As reuniões do grupo de apoio de Moe, dona de uma reputação um tanto quanto questionável, costumam ser interrompidas pelos roncos de um homem velho e pelas reclamações da dona de casa mais frustrada do mundo. Até o dia em que Tabitha e Elodie entram para o grupo. Ninguém imaginaria que três personalidades tão diferentes iriam se unir e criar um laço por meio de um hábito incomum: roubar!

Bem-humorado e instigante, Gatunas conta o caminho de três garotas que deveriam estar aprendendo os passos da recuperação após problemas com a polícia, mas que insistem em continuar quebrando as regras - e ainda se divertem com isso.

Resenha: Nesse livro vamos conhecer três garotas que estudam no mesmo colégio, mas que surpreendentemente não é lá onde se conhecem... Nossas três protagonistas irão se conhecer no lugar mais inimaginável possível para começar uma boa amizade: no LLA (Ladrões de Lojas Anônimos), uma lugar para a recuperação de cleptomaníacos.

Elodie mora com o pai e a madrasta em Portland, para onde mudou-se há pouco tempo. Ela não é nada popular, tanto que só depois de algum tempo na escola nova é que conseguiu fazer uma amiga, Rachelle.

"Isso meio que me resume:
estou aqui e ali, mas não em lugar algum de verdade."

Tabitha Foster é uma das garotas mais populares da escola. Seu trio é composto por ela, Kayla e Taryn; e é claro que ela namora um dos caras mais gatos e populares da escola também, Brady Finch. Os dois parecem formar o casal perfeito, mas a verdade é que nenhum deles está 100% satisfeito com o relacionamento.

"Sou atingida pela percepção de que isso é o que acontece com as princesas na vida real. Elas não são acordadas por um beijo do príncipe. Elas não ganham as chaves do reino. Elas não vivem felizes para sempre. Na vida real, elas são publicamente humilhadas; são jogadas das torres. É isso que não te contam quando você é uma garotinha: em segredo, todo mundo odeia as princesas. Todo mundo quer vê-las cair."

Moe e seu irmão, Marc, moram com a tia desde que os pais deles morreram em um acidente de carro; ela faz parte da turma dos "valentões", na qual foi incluída por Alex; Noah é a pessoa mais próxima e que conhece melhor Moe, porém ele faz parte do grupo dos populares e liga muito para seu status, então não assume que conhece ela nem para a própria mãe.

Como vocês puderam ver acima, as três garotas não têm nada a ver, mas acabam criando um grande laço através do vício que as une - furtar. Logo o lugar onde era para elas recuperarem-se do vício, acaba juntando as três, que começam a fazer disputas para ver quem consegue roubar coisas mais caras.

Assim, através do vício de furtar, surge uma grande amizade entre as meninas, que inclui revelações de segredos e dramas pessoais que cada personagem esconde e nenhuma das outras imaginavam, o que só nos mostra que vivemos de aparências, imaginando coisas sobre quem vemos, sem nem saber o que realmente se passa na vida das pessoas.

O livro é narrado um pouco por cada protagonista, que vão se alternando. Elodie narra em forma de poema, Tabitha narra em forma de narrativa mesmo, e Moe em forma de diário; eu achei muito legal esses pontos de vistas narrados de formas textuais diferentes, nunca tinha lido nenhum livro assim.

Foi uma leitura totalmente diferente do que estou acostumada a ler; nunca imaginei ler algo com personagens cleptomaníacas, e confesso que foi uma experiência muito bacana. O livro conta com momentos para todos os gostos: românticos, engraçados, dramáticos, reflexivos etc, então podem se jogar sem medo!

"Sair com sua bugiganga da loja é a melhor e a pior parte. Você está prestes a se tornar uma golpista brilhante ou mais uma estatística de delinquência juvenil."

6 comentários:

  1. Boa noite,

    Essa é a primeira resenha que eu leio desse livro, se não me engano tem um filme ou série na netflix, achei interessante e se tiver oportunidade vou ler, dica anotada...bjs.


    https://devoradordeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Primeira resenha que eu vejo do livro e já me interessei pela história. Não sabia da adaptação e gostei da proposta. Dica mais que anotada

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  3. Que interessante cada personagem narrar de uma forma e ser uma obra que nos desperta tantas reações diferentes. É um livro que fiquei querendo ler.

    ResponderExcluir
  4. Eu passei por essa série algumas vezes, mas ainda não tive vontade de assistir. Tenho visto alguns comentários muito bons, quem sabe eu não dê uma chance em breve.
    Assistindo Elementary no momento.

    Sabia que tinha o livro, mas assim como a adaptação, não me interessei em um primeiro instante. Mas também não descartei a possibilidade de ler o livro, que tenho em mãos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Eu não sabia que existia esse livro, vi apenas a série na netflix, parece legal, assim que possível, darei uma conferida.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lari! Quando vi as divulgações desse livro eu não imaginava que o tema abordado seria esse e fiquei curiosa quando saiu a sinopse. Gostei de ver a sua resenha, é um livro que estou com vontade de ler.

    ResponderExcluir