30/08/2019

[Resenha] Flor da manhã III (flor da manhã #3) | Vários autores

Flor da manhã III

Autor(a): Vários autores
Editora: EHS Edições
Páginas: 84
Resenha por: Larissa
Avaliação: 5/5
Compre: Amazon

*Livro cedido pela editora para resenha


Sinopse: Uma antologia poética apenas com mulheres, um verdadeiro jardim de sentimentos, sonhos, amores e fantasias, feita com muito carinho para todos apreciarem. Uma flor que desabrocha ao toque do orvalho, sendo tocada pela criação, com calor dos raios do sol, com toda sutileza e força da mulher.

Resenha: Essa obra é uma antologia composta de diversos poemas escritos apenas por mulheres, sendo assim mais focado nos sentimentos e angústias femininas.

Nesse livro são abordados os mais diversos temas além da mulher em si, como amor, feminismo, ansiedade, felicidade, tristeza, força, empoderamento, tempo, desilusão, saudade, infância, crítica social, etc.

Um dos poemas escritos por Claudia R. Botion Cracovsky, "Marcas do tempo", nos fala, como o título já diz, sobre as marcas que vamos acumulando ao longo do tempo; não só físicas, mas também psicológicas, como maturidade e sabedoria. A autora fala nesse poema sobre viver o tempo que ainda resta, agora já com a experiência de quem muito viveu.

Os dois poemas de Daniela Bento Alexandre são bastantes empoderadores. "Ser mulher" fala sobre a liberdade que todas nós desejamos, de podermos nos expressar sem sermos julgadas, sairmos na rua sem medo, etc. "Puta rainha" segue a mesma linha do outro, mas achei bem mais impactante e "tapa na cara".

"Eu quero é ser mais livre
Andar na rua assim
Sem medo de estuprador
E essa culpa em mim."

Em "Mulher maravilhosa", a autora, Alaíde Souza Costa, escreveu o poema como se fosse pelos olhos de um homem, um homem que sabe o valor de uma mulher, o que eu achei sensacional.

Os dois poemas de Arlete Santos têm críticas sociais, sendo o primeiro ainda mais forte, pois fala de uma forma bruta e curta sobre o descaso do qual somos vítimas. Outro poema muito bacana repleto de críticas sociais é "A revolta por não compreender o mundo", de Ana Mello.

"Estou presa em minha casa enclausurada na prisão
Porque hoje liberdade
é privilégio de ladrão."

Um poema bem peculiar e interessante é "Desejo visceral", de Eva Potiguar, não só pelo tema, mas também porque a autora fez uso de neologismos, criando verbos e substantivos vindos de nomes de famosos poetas, como "Quintanear" e "Drumondiana", o que eu achei muito criativo e diferente.

Os poemas são todos bem diferentes entre si, tanto nos temas quanto nas formas de escrita, e eu achei isso muito bacana, pois apesar de poemas serem sempre poemas, cada escritora tem sua forma única de pôr as palavras no papel.

Não preciso nem dizer o quanto gostei da leitura, não é mesmo? Fiquei surpresa com o quanto um único tema (mulher) pode ser trabalhado de formas tão diferentes e bonitas. Indico demais a leitura para quem curte ler esse tipo de texto - e para quem ainda não é muito familiarizado, é um ótimo começo.

"Mulher filha
Mulher mãe
Mulher é dona de casa
Mulher é espetacular
Espetacular esse ser
Que é mulher."

10 comentários:

  1. Oi. que proposta bacana a do livro, as poesias selecionadas na resenha me remetem ao desejo de liberdade exposto pelo eu lírico, gostei bastante.

    ResponderExcluir
  2. Não leio muitos poemas, mas estes com críticas sociais me interessam e muito. Gostei da resenha e da premissa do livro.

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  3. Olá, não sou muito de ler poemas, mais deste eu gostei bastante, possui palavras verdadeiras e reflexivas!

    ResponderExcluir
  4. Eu não sou fã de poemas, mas gostei da premissa. Ela escrever poemas na visão de um homem deve ser algo bem diferente, né? Interessante.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não sou de ler poemas, por isso, não sei se leria esse livro. Mas adorei a premissa e do fato de que cada poema aborda um tema diferente e é escrito de uma maneira diferente.
    Que bom que gostou da leitura e acredito que, para quem curte poesia, é uma ótima dica de leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Nossa uma antologia somente feminina, adorei! Ainda mais com essa temática. Não sou muito fã de poemas, mas tenho feito um esforço para ler algo do estilo, por isso dica anotada. Adorei a resenha!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Interessante a antologia ser apenas feminina, um ótimo presente e claro muito legal para quem curte poemas.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Eu nunca fui muito daquelas que lê poemas, mas ultimamente estou gostando bastante! Achei bacana a antologia e vou coloca-la na minha lista de leitura :D

    ResponderExcluir
  9. Eu adoro antologias! São sempre muito ricas e repletas de sentimentos totalmente diferentes, como você comentou. Ainda não conhecia essa obra mas certamente irei adicionar em meus desejados

    ResponderExcluir