22/05/2017

Resenha: Nada é por acaso - Zibia Gasparetto

Nada é por acaso

Autor(a): Zibia Gasparetto
Editora: Vida & Consciência
Páginas: 391
Resenha por: Larissa
Nota: 4/5
*Livro cedido pela editora para resenha




Sinopse: Uma mulher estéril, uma criança, uma ligação de puro e profundo amor; três histórias entrelaçadas, com desfechos surpreendentes. Este romance que nos toca a alma relata a história de um plano audacioso, envolvendo uma mulher e a mãe de aluguel que gera seu filho do coração.

Resenha: Começamos a leitura conhecendo Marina. Sendo uma mulher atraente e inteligente, Marina trabalhava em um escritório de advocacia, porém, sentindo que não iria muito longe com esse emprego, num belo dia decidiu procurar outro lugar para trabalhar.

Em uma de suas entrevistas de emprego, Marina conhece Adele, uma mulher de classe. Porém, o "emprego" que Adele tem para oferecer à Marina é bem diferente do que ela imagina... A moça terá que se relacionar intimamente com o genro de Adele, Henrique, para que ela tenha um neto e não perca seus bens para seu cunhado, pois a filha de Adele, Maria Eugênia, é estéril (não pode ter filhos); tudo isso em troca de um milhão de dólares.

Obviamente, depois de muito relutar, Marina aceita a proposta e vai, então, para uma fazenda ficar isolada até o bebê nascer.

Enquanto isso, Maria Eugênia - com uma barriga postiça - e seu marido - após fazer o filho com Marina - estão em Paris. Henrique trabalhando sem parar e Maria Eugênia - ainda revoltada por seu marido ter se relacionado intimamente com outra e sentindo-se insuficiente -, curtindo a viagem e passeando muito com seus amigos. Lá ela apronta algumas, pelas quais se arrependerá muito depois.

"Às vezes não entendemos o que nos acontece, deixamo-nos arrastar pela revolta e acabamos cometendo atos dos quais nos arrependemos mais tarde."

Depois dos nove meses de gestação, o bebê de Marina nasce e ela é mandada embora e proibida de tentar qualquer aproximação com a família ou com a criança.

No início Maria Eugênia não gosta do bebê, pois ele traz à moça a revolta de a criança não ser sua filha, mas sim de seu marido com outra mulher. Porém, depois seu coração vai amolecendo...

Passado um tempo, Marina conhece Rafael, um psicólogo que, assim como ela, não tem interesse em casar-se, então eles se dão muito bem como amigos. Mas é óbvio que depois de um tempo essa amizade se torna um namoro. Os dois passam a frequentar o centro espírita de dona Eunice, uma personagem muito especial que ajuda praticamente todos na história.

"O desconhecido assusta um pouco. Por outro lado, poder descobrir os segredos da vida, obter provas de que a vida continua após o morte, é uma bênção. Ter essa certeza muda todos os nossos conceitos e atitudes. A reencarnação é uma chave maravilhosa para entender as desigualdades sociais, porque ela revela os resultados de nossas escolhas de outras vidas."

Maria Eugênia e Henrique começam a passar por algumas coisas, que põem o casamento deles em risco; coisas que não vou citar para não dar spoiler. Acontece que Henrique acaba procurando Rafael profissionalmente, pois ele precisa de um psicólogo para desabafar. Enquanto isso, Maria Eugênia começa a frequentar o mesmo centro espírita que Marina... Muitas coincidências, não é mesmo?!

No fim do livro ficamos sabendo a história de outra encarnação dos personagens e descobrimos o porquê de agora ser tudo como é, de acontecer tudo o que aconteceu, inclusive do porque de Maria Eugênia ser estéril.

Foi uma leitura muito agradável e que me trouxe várias lições, principalmente a de que nada é por acaso - como já diz o nome da obra - e que tudo tem​ um porquê... Indico esse livro para todos, até para os que não gostam do gênero, pois é uma ótima obra da rainha Zibia Gasparetto para começar.

"Há inúmeras provas da sobrevivência do espírito após a morte. Quando você as descobre, fica mais fácil vencer o medo e olhar o futuro com mais otimismo."

12 comentários:

  1. Uau! Que resenha maravilhosa, uma das melhores, na minha opinião. O livro parece ser ótimo, fiquei louca para ler. Já estou com saudades de ler algo da Vida & Consciência.
    Mais uma vez, parabéns pela resenha.
    Bjos
    Te amo!

    ResponderExcluir
  2. Oi meninas! A história parece ser bem comovente, já fiquei curiosa sobre o casal. Adorei a resenha!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lari!
    A história parece mexer mesmo com a gente hein? Apesar de não ser meu estilo de leitura, creio que daria uma chance sim ao livro.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Dois Anos de Família Hallinson

    ResponderExcluir
  4. Preciso para ontem. Esse tipo de leitura é daquelas que alimenta a alma e responde alguns questionamentos desacreditados por nós. Adoro os temas da Zíbia, ela consegue trabalhar a fundo cada tema proposto.
    Linda resenha
    Beijos
    Patrícia Brito www.leiturasplus.com

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela resenha Larissa! Já li Nada é por Acaso e por mais que eu aprecie as obras de Zíbia Gasparetto, não gostei de muitos detalhes dessa trama. Algumas coisas soaram incoerentes demais para mim. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo bom?
    Adorei ler esse resenha, ficou ótima!
    Ainda não li o livro, mas parece realmente bom.

    Beijos,
    Um minuto, um livro

    ResponderExcluir
  7. Oie
    Não costumo ler livros do gênero, mas sempre fico curiosa pelos livros desta autora, achei interessante a premissa.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Nossa, fiquei curiosa já com o começo!
    Convidativa a premissa!
    Daria uma chance facinho ;)

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
  9. Oi Meninas, suas lindas, tudo bem?
    É impressionante como nada em nossa vida é por acaso, como todas as pessoas que passam por nós trazem alguma lição ou são importantes de alguma forma. Deve ser bem difícil os quatro se encontrarem, já pensou quando ela descobrir que ela é a mulher que está com seu filho??? Parece uma história que promete emoções. Dica mais do que anotada. A resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi
    que bom que achou a leitura agradável, parece ser bem bonita . A personagem parece ser uma mulher forte e que passou por muita coisa.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Interessante, nunca tinha ouvido falar desse livro, mas gostei :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá, Larissa.
    Eu achei esse enredo bem elaborado, e até leria se não fosse espírita. E que situação, eu não sou mãe mas acho que nunca conseguiria fazer esse tipo de coisa, ter o filho e dar para outra pessoa. E também nunca aceitaria esse tipo de coisa se fosse meu marido.

    Prefácio

    ResponderExcluir