02/04/2018

[Resenha] Desapaixonante 4 (temporada #4) | Marvin Cross

Desapaixonante 4

Autor(a): Marvin Cross
Editora: Independente
Páginas: 338
Resenha por: Larissa
Avaliação: 5/5
Compre: Amazon

*E-book cedido pelo autor para resenha


Sinopse: Depois de um embate inesperado, as coisas começam a tomar rumos bastante dramáticos nesta temporada final de Desapaixonante. Os elementos cômicos continuam fortes como sempre, mas à medida que Sávio e Milena precisam superar algumas situações muito tensas, seus corações também vão experimentar as mais diversas emoções.

Este quarto e último volume da série vem para bater o martelo a respeito de tudo que a história tem construído: um apanhado de situações inusitadas, bizarras, engraçadas, mas também tocantes e repletas de amor. Desta vez, vamos nos deparar com sonhos intrigantes, universos paralelos, traumas com anões, mulheres muito enfurecidas e vários personagens chorando em inúmeras ocasiões. E, claro, um caldeirão de referências diretas e indiretas que passam por grandes séries de TV como Twin Peaks e Lost, sem falar nas várias menções musicais espalhadas pelos episódios, como Beatles, Djavan e até Banda Calipso!!

Comédia e drama se confundem, risos e lágrimas caminham juntos e o inevitável adeus finalmente chega para esta série que já alegrou vários leitores desde 2015. Deguste cada página com calma (e muita atenção aos detalhes), para que sua experiência seja plena e satisfatória até o ponto final. Ah!! E prepare o coração para todo tipo de surpresa possível!!

Resenha: Como sabemos, nada é eterno e, infelizmente, até nossas séries literárias preferidas acabam um dia. Eis que o quarto livro de "Desapaixonante" chegou para finalizar esta série que conquistou meu coração (leiam as resenhas anteriores: primeiro, segundo, terceiro).

"Certas histórias precisam ser enterradas, e você precisa ter o cuidado de não ser enterrado com elas."

Iniciamos este último livro com Sávio e Milena presos em mais um "reality show" criado por Aurora. Dessa vez, a "prisão" da cliente tem dois objetivos: consertar a amizade de Sávio e Milena e, ao mesmo tempo, ver qual lado irá ganhá-la: Milena (AMANDA), fazendo ela apaixonar-se novamente por Ricardo; ou Sávio (ANNA), fazendo ela desapaixonar-se de vez do homem.

"A pior parte de quando um coração é partido não é o momento em que ele se parte, mas todos os dias que vêm depois, em que a pessoa fica remoendo e sentindo morrer por dentro todas as ilusões criadas em torno do amor e seus derivados."

Denner continua sendo procurado pela dupla que quer que ele convença sua namorada, Rita Lina, a ir embora com os dois. Enquanto isso Rita continua com suas trocas frequentes de empregos e sem saber de nada.

Anna, Milena e Sávio acabam, finalmente, tendo uma conversa madura e resolvendo coisas de um passado distante que ficaram "soltas".

Uma estória de desapaixonamento bem inusitada nesta temporada é a de um escritor de uma série de livros - que, aliás, é o escritor favorito de Denner - que quer desapaixonar-se da personagem dos seus próprios livros, criada por ele mesmo. Bizarro, não é?

Não posso deixar de dizer que o Sávio surpreendeu-me bastante neste último volume, não só por a estória continuar e terminar de uma forma incrível, mas também porque aqui o enredo acabou sendo um pouco mais fantasioso também, contando até com realidades paralelas, o que eu curti bastante.

Eu simplesmente amei o último livro e adoraria que tivesse mais um volume, pois, mesmo a estória tendo sido concluída sem pontas soltas, deixa-nos querendo saber mais, porém nem tudo é como queremos, não é? Enfim, não deixem de ler essa série incrível, pois eu aposto que vocês irão amar tanto quanto eu. Sávio e Milena, já estou sentindo a falta de vocês!

"No entanto, despedidas são necessárias, não é? Às vezes elas precisam acontecer em nome de um bem maior."

5 comentários:

  1. Quando humor e drama se intercalam, todas as histórias ficam mais vivas. A vida é exatamente assim e seria trágica se não fosse cômica ou vice-versa. Engraçado é que hoje li dois outros posts que tinham a ver com isso, de algum modo!

    A fantasia é a arma ideológica que temos para sonhar, para sair da realidade. Que bom que Marvin usou isso. Cria um "insolite lieu" na obra! O que o leitor quer é isso: ser surpreendido por um lugar incomum!

    ResponderExcluir
  2. Olá, meninas!
    Não conhecia esse série, mas o nome é bem intrigante, rs. Desapaixonante! Socorro. Como não li todas as outras resenhas ficou difícil entender dobre o que se trata, mas pelo que vi deve mesmo ser engraçado. Como assim, essa mistura de músicas e ritmos musicais bem distintos?

    E como diz o rapaz do comentário acima, a junção de drama e humor torna tudo mais real. E estar inserido dentro dessa "realidade" nos aproxima ainda mais na história.

    - Bjux,
    Diego || Blog Vida & Letras ♥
    www.vidaeletras.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá, boa tarde!
    Nunca havia lido ou visto algo sobre essa Saga.
    Confesso que ultimamente tenho fugido de histórias com continuações...
    Mas a resenha ficou muito boa!

    ResponderExcluir
  4. Oi Larissa, tudo bem?

    Já vi algumas pessoas falando muito bem desta série no instagram e por isso, tenho muita vontade de ler as obras, inclusive baixei o primeiro volume no kindle. Parece ser uma daquelas séries que vai prendendo o leitor, mas fiquei receosa quando você citou que um quinto livro talvez suprisse as pontas soltas. Mesmo assim, espero ler em breve e gostar tanto quanto você. Adorei sua resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Sempre fico triste quando uma série preferida acaba, nossos autores estão de parabéns pela a qualidade dos livros que estão sendo lançados ultimamente.

    ResponderExcluir