25/10/2019

[Resenha] O voo da coruja | Gilberto Rocha Filho

O voo da coruja

Autor(a): Gilberto Rocha Filho
Editora: Chiado
Páginas: 168
Resenha por: Viviane
Avaliação: 4/5
Compre: Editora / Livraria da Travessa

*Livro cedido pelo autor para resenha


Sinopse: Um corpo é encontrado no lago da fazenda de um importante político. O caso que inicialmente seria investigado como afogamento, desperta interesse e dúvidas no detetive. Como investigar aqueles que estão sob a proteção do dinheiro e do poder?

Ao mesmo tempo que tem que lidar com suas dúvidas, terá que enfrentar suas fraquezas, sua compulsão por drogas e a paixão decorrente de um triângulo amoroso.

Uma investigação recheada por ideias que expressam a busca incessante e muitas vezes solitária, pela verdade mas cuja narração não perde a argúcia e o bom humor.

Um livro que desperta a vontade do leitor em conhecer o desfecho de uma estória surpreendente.

Resenha: Um professor de natação é encontrado morto, afogado, em um lago na propriedade de um influente deputado. O detetive tem a missão de investigar, mas com cautela, já que se trata de gente muito rica, e o delegado parece ter muito a perder ao perturbar a tranquilidade do ilustre deputado.

"Senhor detetive: o senhor é surdo ou possui alguma forma de retardo mental? Não se lembrou do meu conselho no caso do afogado da fazenda do deputado: investigue arquive isso o mais depressa que puder?"

No corpo da vítima é encontrada uma alta dose de anestésico para equinos, e o que parecia ser um acidente, passa a ser tratado como homicídio.

O detetive fica muito encantado com a beleza de Clarice, a filha do deputado, e é isso que faz ele querer investigar e passar por cima da autoridade do delegado, já que estava sendo pressionado pelo mesmo e por seu superior para arquivar o caso como se fosse um simples acidente.

Luíza, empregada da casa, encanta-se pelo detetive e ele usa a moça para chegar até Clarice. Mas, quanto mais ele investiga, mais as coisas complicam-se, pois Clarice e o pai passam a ser suspeitos, então como investigar sem magoar a sua amada?

Muitos segredos do passado vêm à tona e, quanto mais o detetive descobre, mais a sua própria vida corre perigo.

O livro é narrado em um ritmo eletrizante; apesar de curtinho, sempre tem algo acontecendo, e os fatos sofrem altas reviravoltas, o que prende a atenção do leitor.

6 comentários:

  1. Oi, Viviane!
    Eu não conhecia o livro nem o autor, e apesar de de adorar histórias policiais, não achei a premissa muito interessante.
    Essa questão do detetive se apaixonar pela filha do político e só por isso pegar o caso... Não curto muito.
    Dessa vez passo a dica.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/2019/11/resenha-formatura-livro-3.html

    ResponderExcluir
  2. Eu não resisto a um suspense e já fiquei curiosa para conferir mais dessa história, preciso saber se o personagem conseguirá ir até o fim com a investigação e o que encontrará.

    ResponderExcluir
  3. Pela sua resenha eu já não gostei desse detetive, não rs
    Gostei do pano de fundo, fiquei curiosa para saber quem cometeu esse crime, mas pelo triangulo amoroso (que dispensaria) deu pra sentir que o crime mesmo não foi o foco rs

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  4. Em 2019 li mais suspenses que me toda a minha vida e já estou colocando esse aqui pra ler também!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Nossa quantos temas num livro só! Gosto de livros de investigação, porém sempre fico com um pé atras quando se trata de triângulos amorosos. Ainda assim gostei muito da resenha.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  6. Parece ser uma excelente leitura, Vivi! Adorei a sua indicação, gosto bastante de livros como esse e fiquei curiosa com a trama

    ResponderExcluir